Nadal avança às semifinais em Londres e encerra 2013 como número 1

Espanhol não perderá a liderança do ranking mundial mesmo que seja eliminado do torneio disputado na Inglaterra

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Divulgação/Nike
Nadal venceu Wawrinka por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 7/6 (8/6)
Rafael Nadal garantiu nesta quarta-feira a liderança do ranking até o fim do ano ao superar o suíço Stanislas Wawrinka por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 7/6 (8/6), em 2 horas e 13 minutos, pelo Grupo A do ATP Finals, em Londres. De quebra, o espanhol assegurou sua vaga nas semifinais do torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada. O líder do ranking entrou no ATP Finals precisando de apenas duas vitórias para permanecer no topo até o início da próxima temporada. Após bater David Ferrer, o número 1 fez valer sua superioridade contra Wawrinka e assegurou sua posição, ameaçada pelo sérvio Novak Djokovic. Nadal terminará o ano no topo pela terceira vez em sua carreira. O tenista de 27 anos já havia obtido este feito em 2008 e 2010, temporadas nas quais foi dominante nas quadras. Em 2013, o espanhol repetiu a performance e obteve um dos maiores retornos da história do tênis. Depois de passar sete meses afastado, por conta de uma lesão crônica no joelho esquerdo, ele disputou nove finais consecutivas. Venceu oito delas, incluindo quatro Masters 1000 e Roland Garros nesta lista. Neste mesmo ano, ainda venceria o US Open, totalizando 10 títulos. A rápida ascensão fez Nadal saltar do quinto lugar no ranking para a primeira posição, no início de outubro. Após tanto esforço, o espanhol encerrou a sequência de Djokovic, que encerrou as últimas duas temporadas no topo, ao vencer Wawrinka nesta quarta. Com o triunfo, Nadal manteve o amplo domínio sobre o rival, de quem nunca perdeu um set. Ao todo, foram 12 vitórias em 12 jogos. O primeiro set teve um início equilibrado, com o suíço exibindo boa forma no fundo de quadra e até ameaçado o saque do favorito. Mas foi Nadal quem faturou a primeira quebra de saque do jogo, no quinto game. Sem se abalar, Wawrinka conseguiu devolver a quebra quando Nadal sacava para fechar o set. O espanhol, contudo, levou a melhor no tie-break. No segundo set, Nadal se impôs rapidamente, com quebra no início. E parecia encaminhar o triunfo com tranquilidade. Mas o suíço voltou a reagir e devolveu a quebra. Assim, a definição da parcial seguiu mais uma vez para o tie-break, novamente vencido por Nadal. Assim, além de assegurar a condição de número 1 do mundo, Nadal se classificou antecipadamente às semifinais do ATP. Ele lidera o Grupo A com duas vitórias e vai encerrar a sua participação na fase de grupos diante do checo Tomas Berdych. Já Wawrinka, com uma vitória e uma derrota, vai duelar com o espanhol David Ferrer. Os dois serão na sexta-feira. Antes disso, porém, Berdych e Ferrer vão se enfrentar ainda nesta quarta.

Leia tudo sobre: tenisesporterafael nadalatp finalslondres