Leandro Euzébio isenta Luxemburgo de culpa por fase ruim do Flu

Na avaliação do defensor, os desfalques já vinham atrapalhando o time carioca desde a época de Abel Braga

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Vanderlei Luxemburgo não deve ser responsabilizado por uma eventual queda do Fluminense no Campeonato Brasileiro, afirma o zagueiro Leandro Euzébio. Para o defensor, a fase ruim do time carioca se deve à série de desfalques sofridas durante a competição. "A cada jogo é um time e isso, sem dúvida nenhuma, dificulta muito o trabalho. Acho que o Luxemburgo é um treinador que arma o time sempre bem. Para mim, é um dos melhores tecnicamente. Sabe onde vai estar o erro do adversário. Ele não é o culpado pelo que está acontecendo. Os culpados somos todos nós", declarou Euzébio, nesta quarta-feira. Na avaliação do jogador, os desfalques já vinham atrapalhando o time desde a época de Abel Braga. "Está sempre mudando por causa de lesões, suspensões, negociações. Isso dificulta muito e ficamos chateados. O Vanderlei chegou e enfrentou a mesma situação", comparou o zagueiro. Euzébio, contudo, admite que a torcida tem motivos para reclamar. "O torcedor tem todo o direito de criticar, protestar e fazer o que ele quiser. Quando a gente entra em campo, eles têm que apoiar os 90 minutos. Se não der certo, podem criticar quem acham que tem que criticar. O fundamental hoje é o apoio", declarou. Apenas uma posição acima da zona de rebaixamento, o Fluminense tem a mesma pontuação do Vasco, que já está dentro da zona da degola. Se tropeçar na próxima rodada, o time de Luxemburgo poderá figurar entre os ameaçados da tabela. "Temos seis jogos difíceis pela frente e precisamos pontuar. Acredito na força do elenco e no trabalho do Luxemburgo. A diretoria está fazendo por onde, a torcida está do lado do time e vamos lutar até o fim para ficarmos na Série A", garantiu Leandro Euzébio. TREINO - As atividades em Atibaia, onde o time se concentra para o jogo contra o Corinthians, tiveram a participação de Wellington Silva nesta quarta-feira. O lateral voltou a treinar após se recuperar de uma cirurgia no tornozelo esquerdo, mas ainda não tem previsão de retorno.