Djokovic vibra após vencer estreia 'mais difícil'

Sérvio superou Roger Federer no primeiro duelo do ATP Finals, em partida bastante disputada

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O sérvio Novak Djokovic exibiu satisfação após estrear com vitória no ATP Finals ao bater o suíço Roger Federer por 2 sets a 1 (6/4, 6/7 e 6/2), na noite de terça-feira, em Londres. O número 2 do mundo enalteceu as virtudes do rival e disse que não poderia ter um primeiro jogo tão difícil, destacando, assim, a importância do triunfo. "Foi, provavelmente, o início mais difícil que eu poderia ter neste torneio", disse Djokovic. "Sempre vai ser um jogo difícil para nós dois", completou o tenista sérvio, que defende o seu título de 2012 do ATP Finals e também bateu Federer na semana passada, nas semifinais do Masters 1000 de Paris. Djokovic apontou dificuldades com o seu saque para explicar a perda do segundo set. "O segundo set foi muito igual. Eu não estava satisfeito com meu saque. Basicamente, eu joguei sem primeiro serviço em todo o segundo set. Mas quando eu precisei, no terceiro, eu saquei bem. Estou feliz que tenha superado este desafio", disse. Vitorioso, Djokovic lidera o Grupo B do ATP Finals ao lado do argentino Juan Martin del Potro. E eles vão se enfrentar nesta quinta-feira. Já Federer buscará a reabilitação no mesmo dia contra o francês Richard Gasquet, batido por Del Potro no seu primeiro jogo. E o suíço prometeu que a derrota para o sérvio não vai abalar a sua confiança. "Eu acho que neste momento é muito mental, apenas não posso ficar muito negativo por causa da derrota de hoje. Quer dizer, foi contra Novak. Ele não é qualquer um", afirmou Federer, que também avaliou ter sido mais competitivo do que na semifinal do Masters 1000 de Paris. "Eu pensei que tinha uma chance hoje. Então essa é a parte que me deixa infeliz, porque não fui capaz de tirar proveito dela. Eu estava realmente me sentindo muito melhor do que eu estava em Paris em geral, fisicamente", afirmou.

Leia tudo sobre: tenisdjokovicfedereratp finals