Mineira representará o Brasil

iG Minas Gerais |

Facebook/Divulgação
undefined
O Super Notícia  procurou ISABELLE COIMBRA  para bater um papo esperto. A mineira, para quem não está ligado, ficou em terceiro lugar no concurso Miss Transex 2013, realizado em outubro, no Rio de Janeiro. Na época, uma polêmica foi levantada, pois o público reivindicou a colocação da modelo — a galera queria que ela tivesse faturado o primeiro lugar. "Entrei para ganhar. Quando escolheram as cinco finalistas e, logo depois, tiraram duas, eu tive quase certeza. Quando entrava no palco, o povo gritava. Quando eles anunciaram, foi um choque para todos, muitos jurados também ficaram sem entender. Foram dez minutos de vaia. Eu não entendi, mas fiquei feliz", garante a gata. Menos de um mês depois da disputa, Isabelle, que está no auge dos 20 aninhos, revela que os frutos pós-concurso estão acima do esperado. Afinal, ela queria mesmo era se “realizar como mulher”, afirma. “Nunca tive condições de fazer a operação, que é meu sonho. Com o concurso, vou ter essa oportunidade. Então, estou olhando para frente”, destaca. Natural de Divinópolis, ela agora representará o Brasil no Miss International Queen, que será realizado em Bangkok, na Tailândia, em novembro do ano que vem. Ela ainda ganhou 70% do valor para sua operação de mudança de sexo que, segundo ela, será realizada, provavelmente, após esse concurso.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave