A voz Celeste

iG Minas Gerais |

Os atletas do maior de Minas tiveram uma folga merecida e só vão se apresentar hoje. Nesta reta final do campeonato, os jogadores estão no limite, e, para quem fez uma campanha tão boa, nada melhor do que o reconhecimento do treinador Marcelo Oliveira ao dar uma folga um pouco maior. Este ano, sem dúvida, é do esporte mineiro. O nosso maior rival, depois de vários anos na fila, conseguiu um título de expressão vencendo a Libertadores.OSada Cruzeiro conquistou o Mundial de Clubes, conquista inédita para o vôlei brasileiro. Agora o elenco profissional do Cruzeiro está prestes a faturar o Campeonato Brasileiro fechando com chave de ouro o ano. O mais importante, dando a resposta rápida pela conquista do nosso rival.É isso aí, uai, Minas sempre na frente. Gosto das montanhas de Minas, sou bairrista mesmo e adoro o povo mineiro, sou das Minas Gerais. Avacoelhada Desde o início do ano, Flávio Azevedo, Carlos e outros americanos questionaram o elevado valor do ingresso, a setorização e a indisponibilidade do setor superior da Pitangui. As sugestões a fim de reduzir o preço eram consideradas impraticáveis, devido ao Onda Verde. Nofim das contas, nemo projeto sócio-torcedor foi tão atrativo, principalmente por ter utilizado a referência de R$ 40. No próximo ano, novos valores deveriam ser discutidos por meio de reuniões entre torcedores, sócios e diretoria do clube americano. Setores diferentes poderão ser importantes com o objetivo de criar opções mais populares. Outras propostas: atrás do gol, R$ 10; na Pitangui, utilizar o setor inferior (R$ 20 no portão 3), intermediário (R$ 40 no portão 4) e superior (R$ 10). Pedro Pacheco também sugeriu a utilização do portão 4 para o sócio Onda Verde. A voz da Massa Saudações alvinegras! Cuca decidiu escalar nos seis jogos restantes deste Brasileirão, o de mais baixo nível técnico dos últimos anos, o mesmo time que tem em mente para o Mundial. Percebo que isso tem incomodado alguns torcedores, que temem algum jogador sofrer lesão grave e acabar ficando fora do Mundial, em dezembro. Eu, porém,  concordo com Cuca.Acho que ele acerta em aproveitar esses jogos para dar ritmo e ainda mais entrosamento ao time titular que vai ao Marrocos. Além disso, um dado interessante é que, neste ano, a maioria das lesões dos nossos jogadores ocorreu em treinamentos, não em jogos. Assim foi com Leonardo Silva, Leandro Donizete, Richarlyson e com o próprio Ronaldinho Gaúcho, que se machucou emumsimples aquecimento para treino.Oque tiver de ser será, logo, o melhor a fazer é tomar cuidado e não ter medo de arriscar.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave