OGX ficou sem produzir de novo

iG Minas Gerais |

Rio. Em plena recuperação judicial, a OGX, petroleira de Eike Batista, passou mais um mês sem produzir uma gota de petróleo em setembro, segundo boletim mensal da Agência Nacional do Petróleo, divulgado ontem. A empresa, que há um ano produzia 10 mil barris diários, não produz petróleo desde agosto, quando problemas interromperam as atividades da plataforma OSX1. Já a OGX Maranhão, cuja fatia de Eike foi vendida para o fundo Cambuhy, foi a quarta maior produtora do país em setembro, com 4,5 milhões de m³ de gás natural. A ex-empresa de Eike só perde para a Shell Brasil; Statoil Brasil; e Petrobras. Se livra. O Itaú Unibanco vendeu ações da OGX, reduzindo suas ações de fundos de investimento de 7,2% para 0,52%. OSX Acordo. A OSX fechou acordo com os credores Caixa e BNDES para prorrogar por um ano financiamentos de quase R$ 1 bilhão, que venceram no mês passado. O negócio envolve ainda a injeção de R$ 20 milhões por Santander e Votorantim.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave