Hotéis de BH vão cobrar até quatro vezes mais na Copa

Diária que hoje sai por R$ 339 vai custar R$ 1.109 no período do Mundial em 2014

iG Minas Gerais | Ana Paula Pedrosa |

Hotel My Place Savassi/Divulgação
Explicação. Hotel My Place Savassi diz que comparação, que o coloca como mais caro numa lista de opções no país, mistura categorias
Hospedar-se nos hotéis mais famosos de Belo Horizonte durante a Copa do Mundo vai custar mais de R$ 1.000 a diária, valor que chega a ser quatro vezes maior do que o preço cobrado normalmente. Reportagem do site MSN do Reino Unido dando dicas de hospedagem no Brasil mostra que a capital mineira será a cidade-sede mais cara do torneio. O portal levantou preços em diferentes meios de hospedagem, em todas as cidades, e encontrou valores que vão de 58 libras (R$ 212,38) em Manaus a 303 libras (R$ 1.109,80) no My Place Savassi, em Belo Horizonte. O preço normal do hotel, único mineiro na lista do MSN, é R$ 339.   A gerente do hotel, Maria Thereza Rizola, diz que a pesquisa não retrata a realidade porque compara hotéis de categorias diferentes. O My Place, pela classificação antiga da Embratur, que ainda é usada como referência no setor, seria um quatro estrelas. “Na lista, não tem outro hotel da mesma categoria. Eles não comparam coisas iguais”, reclama. Em outros hotéis da mesma categoria de Belo Horizonte pesquisados por O TEMPO, o preço da hospedagem também vai subir de cerca de R$ 300 ou R$ 400 para a casa dos R$ 1.100. No Mercure, por exemplo, a diária de uma suíte luxo para duas pessoas custa R$ 389 atualmente. Durante a Copa do Mundo, o valor vai para R$ 1.118 em dias de jogos em Belo Horizonte, e R$ 932 nos outros dias do torneio, mas sem jogos no Mineirão. Todos os valores são acrescidos de 5% de Imposto sobre Serviços (ISS) e mais R$ 31 por pessoa de café da manhã (opcional).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave