Anatel registra queda de mais de 173 mil linhas de celulares

Segundo agência, redução indica que as empresas fizeram “limpeza” em suas bases de dados, retirando linhas que não estavam mais ativas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

No mês de setembro, foram registradas 173,6 mil linhas de celulares a menos do que em agosto. O número de linhas ativas chegou a 268,26 milhões no mês passado, queda de 0,06% em relação ao mês anterior, quando foram anotadas 268,44 milhões de linhas. Segundo a Anatel, a redução indica que as empresas fizeram uma “limpeza” em suas bases de dados, retirando linhas que não estavam mais ativas. O procedimento foi feito em junho de 2006, quando a base de assinantes caiu de 92,3 milhões para 91,7 milhões. Os números consolidados pela agência são informados pelas operadoras de telefonia. A operadora Vivo registrou queda de 463,29 mil acessos entre agosto e setembro. Na TIM, a redução foi 31,74 mil acessos, e na Oi, 35,52 mil acessos. A Sercomtel registrou menos 14,71 mil acessos. As operadoras Claro, CTBC, Nextel, Portoseguro e Dartora apresentaram acréscimo no número de acessos. A teledensidade ficou em 135,28 acessos para cada grupo de 100 habitantes. A maioria dos acessos registrados em setembro (78,78%) foi a partir de linhas pré-pagas, e 21,22% são pós-pagos. A banda larga móvel totalizou 88,31 milhões de acessos, dos quais 552,63 mil são terminais 4G.

Leia tudo sobre: Anatel