Silas critica a arbitragem e vê sonho do acesso mais distante

Treinador do América elogiou seus comandados e disse que o time merecia a vitória e ponderou que nem tudo está perdido

iG Minas Gerais | RÔMULO ABREU |

Divulgação / América
Silas aprovou o bom resultado do Coelho diante da equipe paulista
Após o empate de 1 a 1 com o São Caetano, nesta terça-feira, fora de casa, o técnico Silas lamentou o resultado, já que o América teve o jogo nas mãos e mesmo assim não conseguiu vencer. O comandante alviverde não deixou de criticar a atuação da arbitragem e viu o sonho do acesso à Série A ainda mais distante. Silas pontuou que o Coelho impôs enorme pressão ao adversário, sobretudo no segundo tempo, mas desperdiçou todas e teve que amargar o empate. “Mesmo tendo uma arbitragem contrária, desfavorável ao jogo, não ao América, criamos chances de fazer o 2 a 1 e liquidar o jogo, mas não conseguimos. Pelo menos cinco chances no final do segundo tempo e a bola não entrou. Mas, ninguém perde gol porque quer. O time não se desorganizou e agora é ganhar os próximos compromissos. Não diria que está tudo perdido, mas a coisa vai complicando mais”, avaliou. Insatisfeito com o desempenho do árbitro Rodrigo Nunes de Sá, Silas disse que teve que controlar seus jogadores para não ter ninguém expulso. Mas acabou perdendo os dois volantes, Andrei e Leandro Ferreira, que levaram o terceiro cartão amarelo e estão fora do duelo com o América-RN, terça-feira que vem. Entretanto, Silas ponderou que a arbitragem não influenciou diretamente no resultado final do jogo e que este não foi o principal motivo para o Coelho deixar de vencer. Quatro atletas da equipe mineira foram amarelados (Elsinho, Andrei, Leandro Ferreira e Danilo). Dois jogadores do Azulão foram punidos. “O árbitro amarelou todo mundo do nosso time, tínhamos que passar por cima de tudo e hoje só faltou o gol para coroar a atuação, principalmente na reta final do jogo”, afirmou. “É difícil trabalhar desse jeito. Ele ia me expulsar, dava falta e me olhava, mas não foi por isso que deixamos de ganhar”, concluiu. Este foi o 15º jogo do técnico Silas sob o comando do América. Até aqui ele acumula seis vitórias, sete empates, duas derrotas, aproveitamento de 55,55%. O Coelho é o atual sétimo colocado na tabela da Segundona, com 52 pontos, um a menos qu eo Icasa, que fecha o G-4, embora a 34 rodada ainda esteja a concluir. Faltam quatro jogos para o fim do campeonato. O Alviverde ainda terá jogos com três adversários que estão na parte de baixo da tabela (América-RN, Atlético-GO e ABC) e um confronto direto com o Joinville.

Leia tudo sobre: americacoelhosilastecnicoserie bfutebol