Suspensão do tenista Viktor Troicki é reduzida para um ano

Tribunal indicou que "o jogador cometeu um delito de doping, mas não teve muita culpa"

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Divulgação/ATP
Sérvio só poderá voltar às quadras no dia 15 de julho de 2014
A suspensão do tenista sérvio Viktor Troicki foi reduzida nesta terça-feira de 18 para 12 meses, mas ainda assim ele está impedido de defender a equipe do seu país na decisão da Copa Davis na próxima semana, pois só poderá voltar às quadras no dia 15 de julho de 2014. A Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) definiu que Troicki deve cumprir uma suspensão de 12 meses por não realizar um exame antidoping após ser eliminado do Masters 1000 de Montecarlo em abril. "O jogador cometeu um delito de doping, mas não teve muita culpa", indicou o tribunal em um comunicado. Troicki apelou da sua suspensão de 18 meses, alegando que um oficial antidoping em Montecarlo lhe recomendou que escrevesse um documento explicando o motivo que o levou a não retirar uma amostra de sangue. O sérvio já havia fornecido a amostra de urina, que deu negativo ao ser avaliado. A CAS admitiu que o responsável por acompanhar o exame de Troicki "devia informar mais claramente ao jogador os riscos de sua negativa a realizar um exame de sangue". Mesmo assim, o sérvio seguirá afastado das quadras até julho de 2014.

Leia tudo sobre: tenisesporteviktor troickipunicaosuspensao