Del Bosque não garante Diego Costa na Copa do Mundo

Treinador afirmou que o atacante será mais um nome a ser analisado pela comissão técnica

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

DIVULGAÇÃO/ATLÉTICO DE MADRID
Atacante é um dos artilheiros do Campeonato Espanhol, com 13 gols
Por toda a disputa entre Brasil e Espanha para contar com o futebol do atacante Diego Costa, o técnico Vicente Del Bosque admite que a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) se sente "um pouco obrigada" a convocar o atleta. No entanto, o treinador disse que o avante, que é o artilheiro do Campeonato Espanhol com 13 gols, ao lado de Cristiano Ronaldo, e vive excelente momento no Atlético de Madrid, não está garantido na lista de 23 convocados. "Teremos que analisar os méritos de cada jogador ao final de cada temporada. Diego Costa é um a mais, que se soma a uma ampla lista de jogadores que neste momento podem ser convocados", afirmou o comandante da Fúria. Diego Costa terá dura concorrência por uma vaga no ataque da seleção espanhola. É bem verdade que ele e seu companheiro de ataque nos Colchoneros, David Villa, vivem excelente momento no time da capital espanhola - com 20 gols, a dupla tem mais tentos marcados em La Liga do que 15 equipes da competição - no entanto, outros nomes fortes fazem a briga ser ferrenha. Fernando Torres, Roberto Soldado e Álvaro Negredo também sonham com um lugar na Copa de 2014. Enquanto isso, Diego Costa vive a expectativa e o nervosismo de estar presente na lista de convocados da Espanha para os amistosos contra Angola e África do Sul, nos dias 15 e 19 de novembro. A lista será divulgada nesta quinta-feira.