Dona Miguelina leva família para apoiar recuperação de R10

"Torcida" organizada dos parentes quer ajudar jogador a ir para o Mundial; mãe diz que Ronaldinho está empenhado e se cuida em casa

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

FERNANDO ALMEIDA/WEBREPÓRTER
Mãe de R10 "paparica" o filho e dá colo ao jogador enquanto ele se recupera
Ronaldinho Gaúcho teve mais um motivo para sorrir nesta tarde de terça-feira, na Cidade do Galo. O craque repetiu a leve corrida no campo central do CT alvinegro – fato que vem acontecendo há duas semanas –, levando sempre a bola perto de seus pés, e teve a torcida e apoio de sua mãe Dona Miguelina e outros familiares. “Vim com minha filha Deisi, as netas Desiree e Gabrielle, o genro Sérgio e a sobrinha Áurea. Viemos apoiá-lo de perto para aumentar o otimismo dele e nosso”, explicou Dona Miguelina, apontando para os familiares enquanto Ronaldinho finalizava sua corrida para paparicar as sobrinhas e receber o sorriso e os conselhos da mãe. Antes de ver de perto seu filho, Dona Miguelina foi o foco da imprensa e esbanjou simpatia, respondendo todas as perguntas sem titubear e contando alguns detalhes da recuperação de Ronaldinho. “Em casa ele faz a continuação do que faz aqui; se cuida bastante. Ele também quer ficar bom. A cura depende da vontade do paciente. Ele está bem empenhado e cada dia melhor”, relatou. Além de ajudar na recuperação da parte física, incentivando e acompanhando seu filho, Dona Miguelina também leva o amor de mãe tão essencial para o jogador manter o foco e sentir-se bem onde for. “Ele está se empenhando muito para ir. O fato de a família estar próxima é sempre bom. Qualquer ser humano, quando está ferido, precisa de colo, abraço, carinho e ter a família por perto. Com ele não é diferente”, argumentou Miguelina. Cautela. Em sua primeira coletiva de imprensa após ser liberado pelos médicos atleticanos para correr no gramado do CT alvinegro, R10 deixou claro que não se vê fora do Mundial, mas pregou cautela para retornar aos jogos oficiais. Esta linha de pensamento foi seguida pela mãe do craque, que espera ver seu filho melhor e sendo o destaque novamente em campo. Ao ser questionada sobre a confirmação de sua ida para Marrocos, Dona Miguelina deu uma rápida risada e balançou a cabeça negativamente. “Vamos esperar a evolução dele para decidir isso. Ele continua com fome de bola e não é de reclamar. Ele sabe que é preciso fazer o tratamento e está se dedicando bastante”, explicou.

Leia tudo sobre: atléticogaloronaldinhor10recuperaçãolesãomundialdona miguelinacidade do galo