Campanha fora é arma contra Azulão

Jogo desta noite será na Grande São Paulo, a partir das 21h, válida pela 34ª rodada da Série B

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

HEULER ANDREY/ESTADÃO CONTEÚDO
Fábio Júnior tem mostrado humildade ao aceitar bem a reserva
Dono da segunda melhor campanha como visitante na Série B do Campeonato Brasileiro – em 16 jogos foram nove vitórias, quatro empates e três derrotas –, o América enfrenta o São Caetano, hoje, às 21h, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP), em jogo válido pela 34ª rodada da competição. Uma vitória sobre os paulistas, que lutam contra o rebaixamento, combinada com derrotas de Icasa, Avaí, Joinville e Paraná, poderá dar ao alviverde uma vaga entre os quatro primeiros colocados na tabela de classificação, após o encerramento da rodada. “Espero que possamos aproveitar essas duas partidas fora (hoje, contra o São Caetano, e na próxima semana, diante do América-RN), para tentar somar os seis pontos e, quem sabe, entrar no G-4”, afirmou o técnico Silas, que só deve confirmar o time que começa o jogo desta noite contra o São Caetano no vestiário do estádio. “As minhas dúvidas são Elvis ou Ygor no meio-campo e Fábio Júnior ou Alessandro no ataque. Mas eu só vou definir essas situações depois que ver como vai jogar o adversário”, destacou Silas, que espera outra partida difícil pela Série B. “Essa pode ser a última chance deles permanecerem na Série B, o que torna o jogo ainda mais complicado. O São Caetano tem atletas de qualidade e que merecem o nosso respeito. Precisaremos jogar bem organizados em campo para conseguir o resultado positivo”. Primeiro gol. Com chances de voltar a começar um jogo como titular pelo América após dez partidas, o atacante Fábio Júnior tem como motivação especial contra o São Caetano marcar o seu primeiro gol nesta edição da Série B. “Claro que incomoda ficar tanto tempo sem marcar gol, mas não tem faltado empenho de minha parte. Até porque, como já falei em outras oportunidades, independente de quem faça o gol, o importante é o América conseguir a vitória para somar os três pontos”, destacou o atacante, que, nesta temporada, marcou nove gols, cinco no Campeonato Mineiro e quatro na Copa do Brasil. Fábio Júnior ressaltou que a falta de gols poderia ser justificada pelas circunstâncias que cercam a disputa da Série B. “Esse ano, eu não comecei muitas partidas como titular e isso atrapalha. Agora, a equipe precisa e, se o treinador optar pela minha escalação, terei a chance de aparecer e ajudar”, afirmou o atacante.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave