Juvenis do Sada conquistam título inédito da Taça Paraná

Base do time estrelado bateu o Sesi por 3 a 0 na final e confirmou "aposta" da comissão técnica

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

Taça Paraná/Divulgação
Título foi conquistado no último domingo, em Curitiba
A equipe do Sada Cruzeiro conquistou mais um título, desta vez com o time juvenil. No último fim de semana, os atletas da base celeste se espelharam no profissional e venceram a Taça Paraná de Voleibol, disputada em Curitiba. O time B ficou em quarto lugar, entre os sete participantes da categoria. O jogo que garantiu o título aos celestes foi diante do paulista Sesi, no último domingo. Os mineiros tiveram pouca dificuldade e venceram por 25/21, 25/23 e 25/17. Na terceira colocação ficou o time do Flamengo. Esta foi a primeira vez que a competição teve a categoria juvenil. No ano passado, o Sada já havia participado da Taça Paraná e ficou em segundo lugar, com o infanto. Segundo o técnico da base Beto Martelete, a conquista não foi surpresa para a equipe, que já esperava ao menos estar na final diante do Sesi. De acordo com ele, a comissão técnica já apostava que o time seria campeão, mas manteve “em segredo” dos garotos. “Nós sabíamos que a final teria nós e o Sesi. A gente até brincou com um quadro de anotações que temos aqui, que faríamos esse jogo. A surpresa maior foi o placar de 3 a 0. A vitória a gente já saiu daqui sabendo do nosso trabalho, que os meninos têm condição de jogo. Para eles, a gente falava que era difícil”, declarou o treinador. Já que teve de dar assistência ao time profissional, Beto não pôde viajar e foi substituído por Henrique Furtado. O auxiliar técnico da equipe comemorou bastante o título. “Foi um resultado maravilhoso para nós. É um torneio incrível, com atletas de todo o Brasil, e uma conquista nacional é muito importante para o nosso projeto”, disse Henrique. Trabalho. Beto afirmou que o principal objetivo da base é fazer com que os jovens consigam se integrar ao time profissional. “O juvenil a gente vem trabalhando com eles a visibilidade do adulto. A função nossa não é nem ganhar a competição, é formar atletas para jogar no Sada. Dizemos até que as vitórias são coincidências do trabalho”, afirmou. Este ano, pelo menos seis jovens já compõem os treinos do time profissional estrelado.

Leia tudo sobre: sada cruzeirovôleijuveniltaça paranásesibasetítuloprofissional