Minas e Unitri-Magazine Luiza abrem final do Mineiro nesta terça

Rivais já se enfrentaram duas vezes pela competição deste ano em partidas que terminaram com vitórias do time do Triângulo

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

JOÃO PIRES - DIVULGAÇÃO
Helinho é uma das apostas do Unitri para conquistar o tetracampeonato
Minas Tênis Clube e Unitri-Magazine Luiza, de Uberlândia começam a decidir o Campeonato Mineiro masculino de basquete na noite de hoje. A primeira partida da decisão está marcada para as 20h na Arena Vivo. As duas equipes fizeram as duas melhores campanhas da competição, que foi dividida em duas etapas, uma em Belo Horizonte e outra em Uberlândia. Em cada cidade, cada time fez três jogos. Com 100% de aproveitamento, o Unitri entra como favorito ao título, que também foi conquistado em outras 12 oportunidades, incluindo as três últimas edições. Apesar da situação favorável, o técnico Hélio Rubens prefere adotar o lema da humildade. "Final não tem favorito. Ainda estamos ganhando ritmo de jogo, até pelo fato de não termos realizado partidas amistosas neste começo de temporada. Todos os jogos que fizemos foram pelo Estadual. A superação será um fator decisivo para que saiamos com a vitória neste primeiro encontro", comenta Rubens, que não contará com o pivô Leonardo, com uma ruptura muscular que o deixará afastado por mais 20 dias. O Minas também entrará desfalcado do ala Rafa Moreira, que tem uma luxação no dedão da mão esquerda. O técnico Carlos Romano sabe das dificuldades e espera sair com um importante triunfo. "Gostaríamos de ganhar este primeiro jogo na Arena Vivo. Porém, sabemos dos méritos do Unitri/Magazine Luiza, que é o atual vice-campeão do NBB", destaca. O Minas possui um maior ritmo de jogo por ter feitos jogos amistosos, além das seis partidas pelo Estadual. No entanto, essa vantagem acabou não sendo refletida dentro de quadra. Nos dois encontros realizados até aqui no Estadual, o time do Triângulo ganhou os dois confrontos diante do Minas. O adversário requer cuidados, segundo Hélio Rubens. "Vencemos porque jogamos bem, estivemos concentrados. Isso não significa que vamos vencer novamente. Tudo pode acontecer. Temos que ter humildade e reconhecer as qualidades do adversário, que tem um excelente time", destaca. Apesar dos poucos jogos realizados até aqui e da mudança de alguns jogadores do grupo, o treinador uberlandense confia nos jogadores que tem à sua disposição. "Estou sentindo, nos jogadores, um clima de responsabilidade, isso é importante. Alguns chegaram há pouco e ainda estão assimilando a nossa estrutura tática. Temos um potencial muito bom em cada atleta e acredito que evoluiremos ainda mais na temporada", projeta. Para dar mais ritmo de jogo aos times mineiros, o Estadual contou com equipes convidadas nas duas etapas realizadas. Na primeira, em Belo Horizonte, foi chamado o Macaé-Basquete-RJ para se unir aos finalistas e também ao Ginástico. Na segunda etapa, foi a vez do convite ser aceito pelo Universo-Goiânia-GO. As duas equipes convidadas irão participar do NBB6, que começa no próximo sábado.