Alemão deve ser o substituto de Kimi Raikkonen na Lotus

Após anunciar a compra de 35% da equipe, o grupo Quantun já tem substituto para o piloto finlandês

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

DIVULGAÇÃO/LOTUS
chefe da equipe Lotus, Eric Boullier, disse que o efeito do tratamento vai determinar participação do piloto na corrida
Depois de dias conturbados, a Lotus parece que começa a se reestruturar. No último final de semana, a escuderia inglesa anunciou o acerto com o grupo Quantun Motosports, que adquiriu 35% de participação na equipe. O acordo deve amenizar a crise financeira vivida pela escuderia. Além disso, os novos investidores também já planejam a temporada do ano que vem. O piloto alemão Nico Hulkenberg deve integrar a Lotus em 2014. Com 26 anos, ele chegaria para substituir Kimi Raikkonen, que inclusive ameaçou não correr os dois últimos GPs da temporada - no Estados Unidos e Brasil, por atraso de salário. O valor chegaria a U$ 15 milhões. Atualmente, Hulkenberg defende a Sauber. Está na 10ª colocação, com 39 pontos. Já passou pela Williams, em 2010, e Force Indie, em 2012. "Nós, como novos proprietários e acionistas, já deixamos muito claro a nossa preferência. Gostaria que a transição entre Kimi e o próximo piloto – acredito que seja Nico Hulkenberg – fosse mais suave, mas às vezes na vida as coisas não acontecem de forma tão clara e tão bem como você gostaria”, disse o diretor da Quantum, Mansoor Ijaz, em entrevista ao site inglês “Autosport”. 

Leia tudo sobre: formula 1nico hulkenbergkimi raikkonen