Seis jogos difíceis antes do Mundial

Possibilidade de não poder contar com Fernandinho em Marrocos preocupa Cuca

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

DENILTON DIAS / O TEMPO
Vitória. Na noite do último sábado, o Atlético goleou o time do Náutico, por 5 a 0, no Independência
Na reta final de preparação para o Mundial de Clubes, o Atlético vai ter seis difíceis desafios no Campeonato Brasileiro antes da viagem para Marrocos. Até a última rodada da competição, marcada para o dia 8 de dezembro, o alvinegro irá enfrentar dois adversários que brigam pelo G-4, Goiás e Vitória, um que ocupa posição intermediária na tabela, Internacional, e três que tentam fugir do rebaixamento, Bahia, Portuguesa e Fluminense. Contra esses mesmos adversários no turno, o Atlético tem um aproveitamento de 55,5%, com duas vitórias (Bahia e Portuguesa) e quatro empates (Internacional, Goiás, Fluminense e Vitória). O objetivo do alvinegro é aproveitar esses compromissos para se preparar bem para a competição de dezembro. “A preparação do Santos, eu não lembro como eles chegaram no fim do Brasileiro. O Corinthians eu lembro que eles recuperaram, tiveram a má fase e acabaram em quinto lugar. Nossa equipe também teve essa má fase, mas hoje reencontramos o bom futebol. Nós estamos recuperando o grupo todo e esperamos fazer bons jogos até o fim do Brasileiro e depois buscar esse título lá em Marrocos”, afirmou Cuca. Fernandinho. O treinador atleticano mostrou preocupação com a possibilidade de não poder contar com Fernandinho, destaque da equipe nos últimos jogos do Campeonato Brasileiro, para o Mundial de Marrocos. “Tenho que conseguir imaginar o Mundial sem ele, mas eu vejo uma chance muito grande para o Fernandinho, dentro daquilo que nos foi passado, de ele estar com a gente lá”, ressaltou Cuca. A situação de Fernandinho é vista com um pouco mais de tranquilidade pela diretoria do Atlético. O clube garante que conseguiu concretizar a contratação do atleta no prazo estipulado pela Fifa. Após a goleada por 5 a 0 sobre o Náutico, Cuca elogiou o atacante Diego Tardelli, que voltou a marcar gol com a camisa alvinegra depois de um jejum de 14 jogos. “Ele é um jogador importante para nós, tanto que fez o gol, tirou a zica. O Tardelli tem treinado bem, vem se dedicando bastante, assim como o Guilherme, outro que fez gol. Fizemos questão dele jogar o tempo inteiro, é bom quando temos vários destaques”, afirmou o treinador atleticano, que também parabenizou a torcida, que compareceu em bom número ao Independência, apesar do horário.   Sequência Boa terra.  O próximo desafio do Atlético no Campeonato Brasileiro será contra o Bahia, no sábado, às 19h30, no estádio da Fonte Nova, em Salvador. No 1º turno, o Galo venceu os baianos por 2 a 0, no Horto.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave