Servidores da Fhemig cruzam os braços na manhã desta segunda-feira

Categoria pede por aumento salarial; cerca de 90% dos funcionários que atuam no HPS João XXIII, com exceção dos médicos, estão paralisados

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Servidores da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) iniciaram uma greve na manhã desta segunda-feira (4). Enfermeiros, profissionais dos setores administrativo, serviço social, manutenção, farmácia e laboratórios cruzaram os braços às 7h e pretendem ficar assim até que um aumento salarial seja negociado. O grupo está concentrado na frente do Hospital de Pronto-Socorro (HPS) João XXIII, no bairro Santa Efigênia, na região Centro-Sul da capital, onde realizará uma assembleia. Depois, farão uma passeata até o Espaço Comum Luiz Estrela, no mesmo bairro, que funciona em um casarão da Fhemig abandonado, ocupado há nove dias, onde deve ser realizado um almoço coletivo. Com exceção dos médicos, aproximadamente 90% dos servidores que atuam no HPS estão paralisados. A Fhemig ainda não se pronunciou sobre a greve.

Leia tudo sobre: servidoresgrevesaúdejoão XXIIIcruzam os braçosfuncionáriosFhemig