Hernane marca no fim, Fla vence e aumenta crise no Flu

Com o resultado, Rubro-Negro praticamente se livrou do rebaixamento e o Tricolor ficou em situação dramática no Campeonato Brasileiro

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Com um time misto, o Flamengo contou mais uma vez com a estrela do atacante Hernane e derrotou o Fluminense por 1 a 0, neste domingo à noite, no Maracanã. O gol da vitória do time rubro-negro foi marcado somente aos 44 minutos do segundo tempo, após Hernane aproveitar cruzamento de Rafinha. Em seguida, o mais novo ídolo flamenguista deixou o campo para ser ovacionado por milhares de torcedores. Com o resultado, o Flamengo praticamente se livrou do rebaixamento e o Fluminense ficou em situação dramática no Campeonato Brasileiro, em 16º lugar, com 36 pontos, a mesma pontuação do Vasco, que ocupa a 17ª posição. A derrota também pode custar o emprego do técnico Vanderlei Luxemburgo. O Fluminense começou com mais ímpeto, principalmente com os deslocamentos rápidos de Biro Biro, o atacante que dava trabalho dobrado à zaga do Flamengo e ao goleiro Paulo Victor. Apesar de bem menor que a do adversário, a torcida tricolor sentiu o bom momento da equipe no jogo e passou a incentivar até mesmo os mais irregulares, como Edinho e Diguinho. Os dois compuseram o meio com Jean. Ou seja, Luxemburgo escalou três volantes. Já o Flamengo demorou um pouco a se impor. Dependia das jogadas individuais de Hernane e também de boas arrancadas de Luiz Antônio. O primeiro tempo teve a superioridade do Flu. Isso ficou claro com as três defesas difíceis feitas por Paulo Victor - duas delas em finalizações de Biro Biro. O Fla sentia a falta de entrosamento do time e ainda assim parecia bem mais à vontade em campo. Com os olhos da equipe voltados para o jogo de quarta-feira, contra o Goiás, no Maracanã - partida que vai definir um finalista da Copa do Brasil -, o Flamengo se dava por satisfeito com um empate. Resultado que poderia ser sintetizado da seguinte maneira: o Flamengo ganharia um ponto e o Fluminense perderia dois. O jogo no segundo tempo não mudou muito até o finzinho. O Flu tentava o gol, mas desorganizadamente. O Fla arriscava os contra-ataques, com Hernane como referência. Os goleiros não tiveram muito trabalho e houve duas chances de ouro, uma para cada time nessa etapa. Pelo lado do rubro-negro, Hernane perdeu gol sem marcação, da pequena área. Já Leandro Euzébio desperdiçou quase sobre a linha do gol. A torcida do Flamengo - o público total passou de 32 mil pessoas mas em torno de 80% do total era flamenguista - já cantava o hino do clube, feliz com o empate e antevendo uma boa partida contra o Goiás, pela Copa do Brasil. Mas Hernane ainda estava em campo e deu o ar da graça no último minuto, antecipando-se à zaga e superando o goleiro Diego Cavalieri. FICHA TÉCNICA FLAMENGO 1 X 0 FLUMINENSE LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio. RENDA - R$ 1.215.305,00. PÚBLICO - 26.072 pagantes. GOL - Hernane, aos 44 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (RS). CARTÕES AMARELOS - Edinho e Rafinha. FLAMENGO - Paulo Victor; Digão, Gonzaléz, Wallace e Frauches; Amaral, Luiz Antônio, Gabriel (Bruninho) e Carlos Eduardo (Adryan); Rafinha e Hernane (Diego Silva). Técnico - Jayme de Almeida. FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Bruno (Rafinha), Gum, Leandro Euzébio e Anderson; Edinho, Jean e Diguinho (Igor Julião); Biro Biro, Samuel (Marcelinho) e Rafael Sóbis. Técnico - Vanderlei Luxemburgo.  

Leia tudo sobre: flamengofluminensevitoriacrisetricolor das laranjeirasserie abrasileiro