Cuca diz que pior fase já passou e que Galo quer vitória contra Bahia

Treinador alvinegro deve, mais uma vez, aproveitar os jogos restantes do Brasileirão para testar as opções da equipe

iG Minas Gerais | Juliana Gontijo |

A pouco mais de um mês do Mundial de Clubes da Fifa, em Marrocos, o técnico do Atlético, Cuca, ressaltou, durante entrevista coletiva, que a pior fase do time alvinegro já passou. Após a goleada sobre o Náutico, o treinador utilizou alguns exemplos recentes de equipes brasileiras que disputaram a competição internacional para comentar o momento do Galo. Com relação à preparação do Santos, Cuca, no entanto, disse não se lembrar como a equipe chegou ao fim do Campeonato Brasileiro. "O Corinthians, eu lembro que eles recuperaram, tiveram a má fase e acabaram em quinto lugar. Nossa equipe também teve esta má fase, mas hoje já reencontramos o bom futebol. Nós estamos recuperando o grupo todo, foi uma pena não podermos contar com o Donizete", observou. Mais uma vez, o treinador também falou sobre a possibilidade de não poder contar com o atacante Fernandinho, uma das peças-chave da equipe, no Mundial. O jogador foi inscrito depois do fechamento da janela de transferências internacionais."Tenho que conseguir imaginar o Mundial sem ele, mas eu vejo uma chance muito grande para o Fernandinho dentro daquilo que foi nos passado", disse. O Galo vai estrear no dia 18 de dezembro, em Marrakech. Depois da vitória sobre o Náutico por 5 a 0, no sábado, na Arena Independência, em Belo Horizonte, o técnico alvinegro tratou de destacar que o desempenho imponente só foi conquistado porque a equipe se empenhou e encarou a partida com bastante seriedade. No jogo de sábado, Fernandinho, inclusive, voltou a fazer uma boa partida, foi autor de um gol e deu uma assistência para Jô. Agora, o técnico do Galo vai aproveitar os seis jogos que restam do Campeonato Brasileiro para avaliar as possibilidades de formação do time que enfrentará a principal disputa de sua história. "Vamos pensar bem. Na reapresentação, a gente vai reavaliar todos os jogadores. Quanto mais a gente consegue recuperar o time é melhor. Assim, podemos fazer as trocas que a gente está imaginando. Vamos lá para vencer, buscar um resultado positivo fora de casa, algo que a gente não consegue faz um tempo", completou Cuca, fazendo referência ao duelo com o Bahia.

Leia tudo sobre: galoatleticofutebolcucaolhojogobahiaserie abrasileiro