Em Minas, quadro começa a se definir

iG Minas Gerais |

Em Minas, o cenário eleitoral caminha para uma definição completa. Com candidatos já praticamente colocados, PT e PSDB já se movimentam para viabiliza as candidaturas do ministro Fernando Pimentel e do ex-ministro Pimenta da Veiga, respectivamente. Em jogo, a continuidade ou a ruptura de um governo que dura 10 anos, inaugurado com o senador Aécio Neves, em 2003. As definições pressionam PSB e PMDB a se posicionar no tabuleiro. O secretário geral do PSB, Carlos Siqueira, dá quase como certa a candidatura própria no Estado. “Temos possibilidade em Minas, e a preferência é pelo prefeito Marcio Lacerda. Ele pediu prazo e não há porque apressar demais essa definição.” No PMDB, parte do partido quer candidatura própria. O secretário geral do partido, o deputado federal Mauro Lopes, afirma que a opção pode ser pelo senador Clésio Andrade ou pelo empresário Josué Gomes (filho do ex-vice presidente José Alencar), mas que a composição com o PT teria um benefício maior. “Tendo a coligação, é bom para os dois partidos, porque na eleição proporcional, para a Câmara Federal, como as duas legendas são grandes, tem a possibilidade de elegermos mais deputados”, opina. (LP)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave