Unilever inaugura centro distribuidor em Pouso Alegre

Capacidade é de movimentar 3.600 ton/dia de carga

iG Minas Gerais | Queila Ariadne |

CARLOS ALBERTO/imprensa-mg-39150
Inaugurado. Antonio Anastasia participou da inauguração do novo Centro de Distribuição da Unilever
A Unilever inaugurou ontem, em Pouso Alegre, no Sul de Minas Gerais, o segundo maior centro de distribuição (CD) da empresa no Brasil. O investimento, superior a R$ 200 milhões, vai esquentar ainda mais a economia da cidade, que neste ano já recebeu outros grandes anúncios, como a gigante chinesa de máquinas XCMG, além de novos negócios para a indústria farmacêutica, um shopping e um centro de distribuição da Restoque, dona das lojas Les Lis Blanc. “Nossa política de atração de investimentos resultou em empreendimentos altamente estratégicos, como é o caso do CD da Unilever. Quando uma empresa presente em 190 países, nos lares de 2 bilhões de pessoas, decide instalar seu centro de distribuição de produtos em um município, é por que julga que ele é competitivo do ponto de vista da eficiência logística, administrativa e de mão-de-obra”, diz o prefeito de Pouso Alegre, Agnaldo Perugini.A Unilever já possui uma fábrica na cidade, onde são produzidos alimentos (AdeS, caldos e sopas da Arisco e Knorr e temperos em pó). O centro vai receber e armazenar a produção dessa e de outras unidades da região Sudeste, e fazer a distribuição direta a clientes ou aos demais centros de distribuição regionais da companhia. Com uma área de 90 mil m², só perderá em tamanho para o centro de Louveiro (SP).Terá capacidade para movimentar 3.600 toneladas de carga por dia e, além de alimentos, vai atender as categorias de cuidados pessoais e com a casa. “É um dos maiores e mais modernos centros de distribuição da Unilever no mundo e vai aumentar nossa capacidade operacional para suporte ao crescimento da organização”, diz o vice-presidente de supply chain, José Negrete.O CD gerou 800 empregos na fase de implantação, vai gerar mais 300 vagas até 2015 e atingirá um faturamento anual de R$ 3 bilhões. “A Unilever definiu globalmente como meta para 2020 dobrar o tamanho dos seus negócios ao mesmo tempo em que reduz o impacto ambiental. Dessa forma, o novo CD deve suportar o crescimento previsto pela companhia no Brasil, visando o ganho de eficiência em nossas operações”, afirma o presidente da Unilever no Brasil, Fernando Fernandez.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave