Ferrer surpreende Nadal e faz final com Djokovic

Confronto de espanhóis pegou de surpresa o número 1 do mundo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Reprodução/Facebook
Ferrer arrasou o compatriota Albert Montanes por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/1 e 6/3
David Ferrer surpreendeu neste sábado ao obter grande triunfo sobre o favorito Rafael Nadal, na semifinal do Masters 1000 de Paris. Com a vitória no duelo de espanhóis em sets diretos, por 6/3 e 7/5, Ferrer avançou à decisão e manteve a busca pelo bicampeonato na França. Seu adversário na final será o sérvio Novak Djokovic. Ferrer comemorou a vitória não apenas pela vaga na final, mas pelo forte desempenho apresentado. O espanhol dominou o número 1 do mundo com golpes certeiros do fundo de quadra, subidas à rede e elevado aproveitamento no saque. Foram ao todo 29 bolas vencedoras, contra 19 de Nadal. Com esta atuação fulminante, Ferrer obteve somente a 5ª vitória em 25 jogos disputados contra o compatriota. De quebra, garantiu vaga em sua nona final na temporada - venceu apenas dois campeonatos (Buenos Aires e Auckland). Se vencer no domingo, somará seu segundo troféu de nível Masters 1000. Nadal, por sua vez, perdeu a chance de alcançar o recorde de seis títulos de Masters em apenas um ano. Ao ficar fora da final o espanhol desperdiçou ainda a oportunidade de somar pontos suficientes para se garantir na liderança do ranking no fim da temporada. Em dia inspirado, Ferrer foi muito superior no set inicial e pressionou Nadal durante toda a parcial. O número 1 do mundo só conseguiu um break point, defendido pelo compatriota. Ferrer, por sua vez, converteu uma das cinco chances de quebra cedidas pelo favorito. No segundo set, Ferrer continuou melhor e logo se impôs novamente no saque do adversário. Ele chegou a sacar para o jogo mas Nadal conseguiu devolver a quebra a tempo. Ferrer, no entanto, voltou à carga e obteve nova quebra. Desta vez, Nadal não pôde se defender e viu o compatriota sacramentar a vitória em 1h38min de duelo. ATP FINALS - A derrota para Ferrer traz ao menos um consolo para Nadal. O número 1 do mundo ganhou um dia a mais para descansar antes da estreia no ATP Finals, em Londrees. Encabeçando o Grupo A, Nadal entrará em quadra já na terça-feira, quando enfrentará justamente Ferrer. No mesmo dia, o suíço Roger Federer vai duelar com o sérvio Novak Djokovic, reeditando a primeira semifinal de Paris, pelo Grupo B. Na segunda-feira, o torneio de simples será aberto com os confrontos entre o checo Tomas Berdych e o suíço Stanislas Wawrinka, e o argentino Juan Martín del Potro e o francês Richard Gasquet.

Leia tudo sobre: ferrernadaldkokovicatp finalsmasters 1000torneio de paris