Lucas Cândido promete empenho na lateral e ganha incentivo de Cuca

Discurso do comandante atleticano sobre o assunto é direto e a confiança em promessa da base será mais uma vez testada

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Bruno Cantini / O Tempo
Lucas Cândido pode ser titular do Atlético diante do Newell's no confronto da Argentina
O dono da lateral esquerda do Atlético parece seguir indefinido para o Mundial de Clubes. Neste sábado, contra o Náutico, o jovem Lucas Cândido terá a oportunidade de mostrar seu valor e tentar convencer o técnico Cuca que pode ser esta peça imaginada pelo treinador. O discurso do comandante atleticano sobre o assunto é direto e a confiança em Lucas Cândido será mais uma vez testada, com a possibilidade de Junior César perder novamente a vaga entre os titulares da equipe alvinegro – chegou a perder o posto para Richarlyson, que está no departamento médico vetado para o Mundial. “O Lucas é um menino que a gente trabalha bastante tempo com ele. Ele é bom na marcação, no apoio, é alto e chega bem na frente. Já jogou no júnior como terceiro zagueiro bem a frente também. Já chegou a ser um dos melhores em campo. Então é dar a oportunidade para ele”, afirmou Cuca, lembrando da partida vencida pelo Atlético contra o Flamengo com o golaço solitário de Lucas Cândido. “Não é teste. É um jogador que tem a nossa formação, tem minha confiança e a da torcida também. É prata da casa. A gente torce para ele fazer um bom jogo e tome conta da posição”, completou o treinador. Lucas Cândido mostra estar ciente da importância desta chance entre os 11 principais de Cuca e a ideia projetada é ser novamente o destaque do jogo para confirmar de vez sua vaga para o Mundial e, quem sabe, seu lugar entre os titulares. “Esses sete jogos que vem no fim do brasileiro serão muito importantes. Espero aproveitar a oportunidade para tirar essa duvida do Cuca e colocar meu nome na lista do Mundial”, declarou Cândido. Polivalente. Lucas Cândido foi para o Atlético após se destacar no futsal do Colégio Magnum e chegou como atacante. Contudo, o jovem atleta acabou sendo moldado para a função de volante, mas sempre foi 'forçado' a testar-se em outras posições, como lateral-esquerdo e terceiro zagueiro. Cândido deixa claro que não tem uma posição de preferência, principalmente, após ter ganho esta chance na lateral esquerda, fato que abriu a possibilidade de ser titular no Mundial de Clubes, no Marrocos. “Estou muito grato pela oportunidade. Espero aproveitar essa oportunidade para ir ao Mundial, para ter uma sequencia de jogos. Eu quero jogar, não importa onde for”, finalizou.