Momento de dor

iG Minas Gerais |

Xande Nolasco/Divulgação
undefined
“Nem que eu escreva um livro, não seria suficiente. Não caberiam todas as palavras de amor pela senhora! Deus te chamou, nada posso fazer, mas não posso negar nem esconder como vou viver com tanta saudade”. As palavras do cantor NALDO  marcaram o enterro de sua mãe, Ivonete, no Cemitério do Caju, na última quarta-feira. Ivonete descansa em paz no mesmo jazigo de Lula, seu filho que morreu brutalmente assassinado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave