Palanque duplo em Minas é possível

iG Minas Gerais |

O presidente do PSB de Minas, deputado federal Júlio Delgado, afirmou ontem que, apesar do senador mineiro e pré-candidato à Presidência da República em 2014, Aécio Neves (PSDB), ter vetado a formação de palanques duplos no Estado, uma aliança entre os dois partidos para o governo de Minas não é “impossível”. Segundo ele, palanques com dois candidatos à Presidência – além de Aécio, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), também é pré-candidato – já estão praticamente confirmados em pelo menos três Estados. “Alianças em São Paulo, Paraná e Paraíba estão quase certas. E tem possibilidade disso acontecer em Minas. É uma decisão que precisa ser analisada, revista”, argumenta. Segundo o dirigente, os socialistas vão se reunir em breve com os tucanos para uma conversa oficial a respeito do que pode ser oferecido ao PSB para a composição de uma aliança. “Um acordo é possível, desde que o PSDB reconheça o nosso tamanho em Minas e o espaço que merecemos”, diz. Por enquanto, no entanto, o partido ainda defende uma candidatura própria. “Temos nomes, como o do prefeito Marcio Lacerda, que podem concorrer”, finalizou. (IL)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave