Túnel de drogas de cartel do México burla fronteira dos EUA

Foram encontrados três “motoristas” no local, além de US$ 12 milhões em cocaína e maconha

iG Minas Gerais |

U.S. Immigration and Customs Enforcement / ap
Visão do túnel de sua entrada em um distrito de São Diego
São Diego, EUA. Um túnel com iluminação, ventilação e sistema elétrico de trilhos construído para o transporte de drogas de Tijuana, no México, para San Diego, nos Estados Unidos, foi descoberto pelas autoridades norte-americanas, tornando-se a passagem secreta mais sofisticada já encontrada na fronteira entre os dois países. Oito toneladas e meia de maconha e cerca de 150 kg de cocaína foram encontradas no túnel, anunciaram as autoridades. Três homens que trabalhavam como motoristas foram indiciados por posse de drogas e intenção de tráfico. As sentenças para o crime variam de 10 anos de detenção à prisão perpétua. O túnel, que faz um caminho em ziguezague e tem o tamanho de cerca de seis campos de futebol, conecta dois depósitos, um em Tijuana e o outro na área industrial de Otay Mesa em San Diego. Os depósitos facilitavam a esconder as entradas do túnel uma vez que os caminhões de transporte das drogas passavam despercebidos. O túnel foi fechado pelas autoridades na noite de quarta-feira, antes que as drogas fossem encontradas. Agentes federais estavam monitorando um depósito em San Diego após serem alertados por um informante sobre as operações. Mais de 75 passagens secretas na fronteira entre México e Estados Unidos foram descobertas desde 2008 – a maior parte delas era destinada ao tráfico de maconha. Os túneis estão concentrados na fronteira com os estados da Califórnia e Arizona. San Diego é popular devido ao seu solo, fácil de ser escavado. O túnel encontrado nesta semana é a oitava maior passagem descoberta na cidade desde 2006. Segundo as autoridades, a passagem encontrada é a primeira a ter como função o tráfico de cocaína na cidade. As autoridades afirmaram que o caminho em ziguezague sugere que os escavadores mudaram o curso diversas vezes durante a construção. Sinaloa . A polícia norte-americana acredita que o túnel foi construído pelo cartel de drogas mexicano Sinaloa, que é um dos cartéis mais poderosos do México. O líder do cartel, Joaquin “El Chapo” Guzman, tem uma fortuna estimada em US$ 1 bilhão pela revista “Forbes”. O governo norte-americano decretou que ele é o traficantes mais influente do mundo e autoridades mexicanas tentam capturá-lo desde 2001, quando ele escapou de uma prisão no México em um carrinho da lavanderia.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave