Ricardo Goulart diz que Cruzeiro deve jogar de igual para igual contra o Santos

Jogador deve recuperar sua posição após período fora da equipe em função de uma lesão

iG Minas Gerais | GABRIELA PEDROSO e BRUNO TRINDADE |

Washington Alves/VIPCOMM
Goulart sabe que missão da Raposa no Pacaembu será difícil, mas aposta no alto poder de fogo do time para bater o Corinthians
De volta ao Cruzeiro em um momento crucial para o time da Toca da Raposa no Campeonato Brasileiro, o meia-atacante Ricardo Goulart receita simplicidade ao grupo para o próximo compromisso celeste, diante do Santos. Para o jogador, que deve recuperar a sua posição após o período lesionado, o time mineiro tem de manter  contra o Peixe a postura que o levou à liderança mais que isolada na Série A. "Temos que jogar da mesma maneira. Enfrentamos grandes equipes e nos comportamos como no Mineirão. Vamos jogar de igual para igual, respeitando o Santos, e tentar buscar os três pontos", destacou Goulart. Seguindo o discurso dos companheiros, o jogador afirma que ainda não tem nada definido e que só vai comemorar algo quando a conquista do Nacional estiver realmente assegurada. "A gente pensa cada jogo do segundo turno como uma final. Temos possibilidade de ser campeão antecipado, mas ninguém vai dar nada para a gente. Temos que encarar jogo a jogo, e quando tiver chance matemática (do título) vamos comemorar", disse o sensato jogador. Cruzeiro e Santos é neste domingo, às 17h, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposaserie agoulartbrasileiromanterpostura