Djokovic vence Wawrinka e pode pegar Federer na semifinal do Masters de Paris

Sérvio, que é o vice-líder do ranking mundial venceu Wawrinka por 2 sets a 0, com parciais de /1 e 6/4

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Divulgação/US Open
Djoko comprovou que Wawrinka é seu freguês e venceu o 14º jogo em 16 partidas com o rival
Atual vice-líder do ranking mundial, Novak Djokovic está na semifinal do Masters 1000 de Paris. Nesta sexta-feira, o sérvio precisou de 1h21min de partida para vencer por 2 sets a 0 outro cabeça de chave, Stanislas Wawrinka, com parciais de 6/1 e 6/4. Na próxima etapa, Djokovic pode ter pela frente mais um suíço, Roger Federer, que joga em seguida contra o argentino Juan Martin del Potro. A vitória desta sexta confirmou a freguesia de Wawrinka, que conheceu sua 14ª derrota em 16 partidas contra o sérvio. Diante de Roger Federer, apesar da má fase do antigo melhor do mundo, Djokovic deve ter mais trabalho. No histórico entre os dois, 16 vitórias do suíço, 13 do tenista da Sérvia. Depois de suar para vencer John Isner nas oitavas de final, precisando virar a partida para vencer no terceiro set, Djokovic teve parada tranquila contra Wawrinka, atual oitavo colocado do ranking mundial. No primeiro set, o suíço até teve duas chances de quebra de saque, mas desperdiçou ambas. Djokovic foi mais eficiente. Aproveitando 80% dos seus primeiros serviços, o sérvio conseguiu três chances de quebra, se saiu bem em duas delas, e fechou em 6 a 1. Na segunda parcial do jogo, Wawrinka voltou sacando melhor, mas teve seu serviço quebrado no sétimo game. Depois o vice-líder do ranking só teve que manter seu saque para fechar o jogo numa devolução para fora do suíço.

Leia tudo sobre: tenisesportedjokovicmasters 1000 parisroger federer