Vivendo "bom momento", Ademilson se vê na briga pela titularidade no São Paulo

Atacante teve o nome gritado pela torcida na partida contra o Atlético Nacional e disse estar mais confiante para fazer o seu trabalho

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Rubens Chiri/São Paulo
Ademilson foi artilheiro do Tricolor Paulista nas categorias de base
Artilheiro nas categorias de base, Ademilson teve que se adaptar a uma nova função no São Paulo. Devido à concorrência de Luis Fabiano e Aloísio, o jovem jogador de 19 anos aprendeu a atuar mais pelas pontas e foi jogando aberto que conquistou seu espaço no time titular. Agora, apesar da volta de Luis Fabiano depois de quase um mês afastado por lesão, e do ótimo momento vivido por Aloísio, Ademilson quer continuar jogando. "Vivo um bom momento, mas a equipe tem grandes jogadores. O Aloísio está muito bem e isso é bom para o São Paulo. Vou continuar brigando, porque quero jogar e ajudar o meu time. Assim como os outros, também estou na briga e quero conquistar o meu espaço", comentou o jogador. Quarta-feira passada, diante do Atlético Nacional, da Colômbia, Ademilson ficou no banco de reservas para a volta de Luis Fabiano. Mas a atuação apagada do centroavante, estático em campo, e os constantes erros de passe de Jadson fizeram a torcida gritar diversas vezes o nome de Ademilson, pedindo que Muricy desse nova chance ao garoto. "Fiquei muito feliz, porque foi a primeira vez que isso aconteceu. Isso é um incentivo, porque estava doido para entrar na partida e ajudar o São Paulo. Vou fazer de tudo para que a torcida continue gritando o meu nome. Acho que os torcedores estão do meu lado e, assim, fico mais confiante para fazer o meu trabalho", afirmou o atacante.

Leia tudo sobre: futebolesportesao paulotitularidade