Com Messi recuperado, Argentina chama força máxima para amistosos

Hermanos enfrentarão Equador e Bósnia em jogos que serão realizados nos Estados Unidos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

DIVULGAÇÃO/AFA
Messi retorna ao selecionado argentino após ser desfalque contra Uruguai e Peru
Lionel Messi está de volta à seleção argentina. Recuperado de uma lesão muscular na coxa, o melhor jogador do mundo foi convocado pelo técnico Alejandro Sabella para os amistosos diante do Equador, no próximo dia 15, e da Bósnia-Herzegovina, quatro dias mais tarde, ambos nos Estados Unidos. Por conta da contusão, sofrida no final de setembro, Messi havia desfalcado a Argentina nas últimas duas rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do ano que vem diante de Peru e Uruguai. A ausência do jogador, no entanto, foi minimizada porque a seleção já havia garantido passagem para o Brasil em 2014. Pensando justamente na preparação para o Mundial do ano que vem, Sabella convocou força máxima para os amistosos. Além de Messi, o treinador poderá contar com as voltas do volante Mascherano, do Barcelona, e do atacante Higuaín, do Napoli, que também foram desfalques diante do Peru e do Uruguai por lesões. Para as partidas contra Equador e Bósnia, Sabella anunciou duas novidades. O lateral-direito Roncaglia, da Fiorentina, e o zagueiro Lucas Orban, do Bordeaux, receberam suas primeiras convocações e são esperança do treinador para acertar uma defesa que vem recebendo muitas críticas na Argentina. Confira a convocação da seleção argentina para os amistosos: Goleiros: Sergio Romero (Monaco), Mariano Andujar (Catania). Defensores: Facundo Roncaglia (Fiorentina), Pablo Zabaleta (Manchester City), Federico Fernandez (Napoli), Ezequiel Garay (Benfica), Marcos Rojo (Sporting Lisboa), Hugo Campagnaro (Inter de Milão), Jose Basanta (Monterrey), Nicolas Otamendi (Porto), Lucas Orban (Bordeaux). Meio-campistas: Javier Mascherano (Barcelona), Lucas Biglia (Lazio), Ever Banega (Valencia), Ricrdo Alvarez (Inter de Milão) Angel Di María (Real Madrid), Erik Lamela (Tottenham). Atacantes: Lionel Messi (Barcelona), Gonzalo Higuaín (Napoli), Sergio Agüero (Manchester City), Rodrigo Palácio (Inter Milan), Ezequiel Lavezzi (Paris Saint-Germain).

Leia tudo sobre: messiargentinafutebolesporteamistosos