Brasil cai para o México nos pênaltis e está fora do Mundial sub-17

Sob o comando do técnico Alexandre Gallo, o Brasil vinha fazendo campanha perfeita; tinha quatro vitórias em quatro jogos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Site oficial/Divulgação
Nos pênaltis, seleção mexicana manda o Brasil para a casa após duelo nervoso no tempo normal
Atual campeão, o México eliminou o Brasil nas quartas de final do Mundial Sub-17, nesta sexta-feira, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A classificação mexicana foi conseguida numa dramática decisão por pênaltis, com vitória por 11 a 10, após empate de 1 a 1 no jogo, acabando com o sonho brasileiro de conquistar seu quarto título na história da competição. Sob o comando do técnico Alexandre Gallo, o Brasil vinha fazendo campanha perfeita. Tinha quatro vitórias em quatro jogos (contra Eslováquia, Emirados Árabes, Honduras e Rússia), com 18 gols marcados e três sofridos. Mas acabou sendo eliminado pelo México que defende o título conquistado na última edição do Mundial, há dois anos, em casa. Nesta sexta-feira, o Brasil entrou em campo sem o meia-atacante Boschilia, do São Paulo, que é o artilheiro do Mundial, com seis gols em quatro jogos, e teve que cumprir suspensão nas quartas de final. Mesmo assim, fez um duelo equilibrado com os mexicanos. Num confronto muito igual, as duas seleções só conseguiram marcar nos minutos finais da partida. O México saiu na frente. Aos 35 minutos do segundo tempo, aproveitou a cobrança de falta para fazer uma jogada dentro da área e a bola sobrou para Ochoa abrir o placar. O empate brasileiro veio rápido. Aos 39, o meia Nathan, do Atlético-PR, precisou chutar duas vezes para marcar - foi o seu quinto gol no Mundial. Aí, a decisão foi para os pênaltis. Nos pênaltis, Rivas chegou a errar a terceira cobrança dos mexicanos, o que deixou o Brasil em vantagem. Mas o atacante Gabriel, do Santos, desperdiçou a quinta e última batida - se marcasse, a vitória seria brasileira. Depois disso, ninguém mais falhou. Até os goleiros das duas seleções tiveram que se arriscar com os pés e fizeram os gols. Aí, quando todos já tinham cobrado, voltaram a bater os primeiros. E o atacante Mosquito, do Atlético-PR, errou para o Brasil. Diaz, então, marcou o gol e definiu a vitória mexicana por 11 a 10. Agora, o México espera o vencedor de Argentina e Costa do Marfim, que se enfrentam neste sábado, para conhecer seu adversário de terça-feira. Além do México, outro semifinalista do Mundial Sub-17 foi definido nesta sexta-feira. É a Suécia, que ganhou de virada de Honduras, por 2 a 1, um pouco mais cedo, em Al Ain City, nos Emirados Árabes Unidos. O adversário da seleção sueca no jogo da próxima terça também sairá neste sábado, quando Uruguai e Nigéria duelam pelas quartas de final.