América sofre, mas vence o Asa e quebra 'maldição do Horto"

Resultado acabou com o jejum de seis jogos seguidos sem vitória do clube atuando como mandante na Série B; Coelho se aproximou do G4

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

O América venceu o ASA-AL por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, na Arena Independência, resultado que acabou com o jejum de seis jogos seguidos sem vitória do clube atuando como mandante na Série B do Campeonato Brasileiro. O lateral-esquerdo Danilo fez o gol do alviverde, que com o resultado praticamente decretou a queda dos alagoanos para a Série C e ainda manteve as chances de o clube brigar pelo G-4. Na próxima rodada, marcada para terça-feira, dia 5, o Coelho vai ao ABC Paulista enfrentar o São Caetano, penúltimo colocado na tabela. Ainda sonhando com o acesso, o América entrou em campo pressionado para dar uma resposta a sua torcida após a derrota na rodada anterior para o Paysandu. O resultado havia deixado o Coelho mais longe do grupo dos quatro primeiros colocados, e somente uma vitória sobre o lanterna ASA-AL poderia redimir o time diante do seu torcedor e manter as chances de o alviverde voltar a disputar a primeira divisão depois de dois anos. Apesar do revés para os paraenses, o torcedor compareceu em bom número ao estádio e deu mais um voto de confiança ao time. Os 6.756 torcedores nas arquibancadas viram uma postura diferente do alviverde, que não contou com o zagueiro Vitor Hugo, suspenso, e o volante Claudinei, poupado por causa de um cansaço muscular. César Lucena foi escalado na defesa, enquanto que Leandro Ferreira, que não participou dos quatro últimos jogos porque se recuperava de uma contusão, ganhou a vaga no meio-campo. Aos gritos de “vamos subir coelho” o América começou a partida tocando bem a bola e chegando em velocidade ao ataque, principalmente em jogadas puxadas por Nikão e Bady. O alviverde abusava das bolas aéreas, facilitando a marcação da defesa alagoana. Apesar das várias oportunidades criadas, a melhor chance do Coelho no primeiro tempo saiu em uma finalização de Andrei que o goleiro Marcus Vinícius fez grande defesa para escanteio. O ASA-AL chegou com perigo em uma finalização do atacante Lúcio Maranhão, mas Matheus evitou o gol alagoano. O América voltou para a etapa complementar tocando bem a bola e chegando em velocidade ao ataque. O Coelho abriu o placar aos 5 min com um gol do lateral-esquerdo Danilo, em chute que ainda bateu na defesa alagoana antes de entrar. Depois de desperdiçar duas boas chances em finalizações de Jaílton e Alessandro, o América diminuiu seu ritmo e passou a ser pressionado pelo ASA-AL. Com o time encontrando dificuldade na marcação, Silas tirou o meia Bady para a entrada do volante Marcelo Rosa. Os minutos finais foram de pressão dos alagoanos, que chegaram a chutar uma bola no travessão em uma cobrança de falta de Diogo. No final, os jogadores se reuniram para agradecer ao apoio da torcida, que fez muita festa para comemorar o resultado. FICHA TÉCNICA AMÉRICA 1 x 0 ASA AMÉRICA - Matheus; Elsinho, Jaílton, César Lucena e Danilo; Andrei Girotto, Leandro Ferreira, Élvis e Bady (Marcelo Rosa); Nikão (Fábio Júnior) e Alessandro (Ygor). Técnico: Silas Pereira. ASA - Marcus Vinicius; Reinaldo Silva (Diogo Silva), Cássio, Fabiano (Tallyson) e Samuel; Cal, Gláuber, Didira (Wanderson) e Diego Rosa; Valdívia e Lúcio Maranhão. Técnico: Heron Ferreira. GOL - Danilo, aos 5 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - Andrei Girotto (América-MG); Glauber, Cássio e Wanderson (ASA). ÁRBITRO - Jailson Macedo Freitas (BA). RENDA E PÚBLICO - 6.756 / R$ 32.817,50 LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).