Vettel vê Lotus como principal adversária no GP de Abu Dhabi

Nesta sexta, a Red Bull conseguiu uma dobradinha nas duas primeiras colocações, com Kimi Raikkonen, da Lotus, na sequência sendo o terceiro mais rápido do dia

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK
Tetracampeão mundial, Sebastian Vettel quer ampliar dominância no mundo competitivo da F1
O alemão Sebastian Vettel deu mais uma mostra de sua grande fase na Fórmula 1 nesta sexta-feira, ao obter o melhor tempo do primeiro dia de treinos livres para o GP de Abu Dabi. Mesmo com o tetracampeonato já garantido, o piloto da Red Bull não quer saber de diminuir o ritmo e já elegeu seu principal adversário para a prova que acontecerá no domingo: a Lotus. "É difícil dizer em que ponto estamos em comparação com os outros, mas tivemos um ajuste decente hoje (sexta). A Lotus está excepcionalmente rápida, especialmente pensando no domingo, e deve ser capaz de conseguir alguns ajustes mais tarde, então temos que ficar de olho neles. A Mercedes está forte para uma volta amanhã", declarou. Nesta sexta, a Red Bull conseguiu uma dobradinha nas duas primeiras colocações, com Kimi Raikkonen, da Lotus, na sequência sendo o terceiro mais rápido do dia. Na parte da manhã, foi o outro piloto da Lotus, o francês Romain Grosjean, que andou na frente e terminou com o melhor tempo da primeira sessão. Se conseguir bater os adversários e subir ao lugar mais alto do pódio no domingo, Vettel conquistará sua sétima vitória consecutiva, sendo a 11.ª no ano. O alemão pode chegar a 13 triunfos na temporada, o que igualaria o recorde de seu compatriota e ídolo Michael Schumacher, mas ele garantiu não pensar nisso. "Não piloto pensando em estatísticas, pode acreditar. É legal quando você ouve uma vez ou outra que você fez isso ou aquilo, mas não é meu principal interesse e não me faz pular de animação. Eu adoro pilotar e então, quando tento tirar o meu melhor, sai naturalmente. E é isso que estou fazendo", apontou.

Leia tudo sobre: automobilismof1fórmula 1sebsatian vettel