PT se articula para eleição do diretório de Contagem

Disputa para presidência do partido na cidade acontece no próximo domingo (10), entre os candidatos Cadu, o vereador Zé de Souza e o ex-vereador Kawlpter Prates

iG Minas Gerais |

No próximo domingo (10), o PT escolhe, em eleição direta entre os membros do partido, o nome que vai assumir a direção da legenda na cidade. Três candidatos estão na disputa pela presidência do diretório de Contagem. De um dos lados está Carlos Eduardo, conhecido com Cadu; do outro, José de Souza Lima Filho, o vereador Zé de Souza; e de outro o ex-vereador Kawlpter Prates. Todos já estão se preparando em articulações com os apoiadores. Sindicato apoia Cadu Cadu está se candidatando pela Tendência Articulação. Ele já possui importantes apoios, como do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Contagem (SindiMet). O candidato se reuniu com a direção do SindiMet na sede do sindicato na Cidade Industrial. Na oportunidade, Marco Antônio, diretor do entidade e ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT-MG), disse que Cadu reúne todas as condições para presidir o PT na cidade. “A proposta de Cadu é estar junto aos movimentos sociais e, principalmente, com o movimento sindical. Precisamos cada vez mais ter o partido próximo dos movimentos sociais e sindicais”, disse. Cadu é considerado pelo sindicato dos metalúrgicos como um nome que vem para renovar ideias, que segundo Xavier, secretário de relações sociais da entidade, está se fazendo extremamente necessária. “Meu voto é do Cadu, pela competência, pelo novo que vai representar para o partido. O Partido dos Trabalhadores precisa se reerguer pela base e é isto que propõe o candidato, por isso conquistou nosso apoio”, declarou. Gilberto André, coordenador do Clube dos Metalúrgicos, também considera que Cadu representa a renovação e o renascimento do PT Contagem. “O Cadu é uma pessoa capacitada, que tem história de militância no partido. Seu nome transita e é aceito por várias correntes políticas da cidade”, enalteceu. Marília está com Zé de Souza Já o outro candidato, vereador Zé de Souza, já presidiu a sigla em duas outras ocasiões, quando o PT conquistou o governo municipal em 2004 e 2008. Ele lançou sua candidatura na segunda (28), com vários militantes e dirigentes do partido, bem como lideranças de expressão na cidade e no estado, que mostraram apoio à candidatura. Nomes de expressão como a ex-prefeita Marília Campos, o deputado estadual Durval Ângelo e os vereadores petistas Rodinei e Zé Antônio, marcaram presença em apoio a Zé de Souza. Além disso, membros de outros partidos, como os vereadores Marreco e Caxicó que fazem parte das siglas Solidariedade e PPS, marcaram presença. Também estiveram presentes lideranças locais, que prestigiaram a atividade, como o deputado federal Nilmário Miranda. Durante o evento a ex-prefeita Márilia Capos afirmou que acredita em Zé de Souza e depositou confiança no candidato. “Sem dúvidas, Zé de Souza está preparado e é o melhor nome para conduzir nosso partido”. Já o candidato disse que se sente motivado para presidir o PT neste momento de muitos desafios e mostrou que já pensa em eleições futuras. “Somos o maior partido de Contagem, temos uma história de lutas e conquistas. Marília fez um excelente governo que transformou a cidade de Contagem. Temos a tarefa de defendermos o legado vitorioso do governo Marília e prepararmos o PT para a retomada da prefeitura nas próximas eleições”, salientou Zé de Souza. Kawlpter também disputa O ex-vereador Kawlpter Prates também está na disputa pela presidência do diretório do PT na cidade. Em 2012, Kawlpter que é advogado, chegou a ser um dos pré-candidatos à prefeitura de Contagem, mas acabou disputando novamente o cargo de vereador, que perdeu obtendo 2.430 votos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave