Dois são assassinados em menos de três horas em Betim

Apesar das semelhanças, testemunhas afirmam que crimes não têm relação; uma das vítimas era entregador de gás

iG Minas Gerais | DAYSE RESENDE |

Nelson Batista
Crime na tarde de sexta (1º) foi no Parque das Industrias
A Polícia Militar de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, registrou dois assassinatos em menos de três horas, na noite de anteontem, no bairro Jardim Teresópolis. No primeiro deles, ocorrido na avenida Belo Horizonte, o entregador de gás José Valter Coimbra Evangelista, de 50 anos, também conhecido como Jack, foi morto com oito tiros. Vizinhos da vítima, que pediram para não ser identificados, informaram que Evangelista estava sentado no passeio de casa quando um Gol prata parou e um dos ocupantes do veículo efetuou os disparos. Apesar de ser socorrido por policiais, a vítima morreu antes de chegar à Unidade de Atendimento Imediato (UAI) do Teresópolis. A informação é que a casa do suspeito era frequentada por várias mulheres. Pouco mais tarde, por volta das 22h, a vítima foi Marcell Philipe Ferreira, de 18 anos, conhecido como Magrão. De acordo com a PM, ele estava na rua Juazeiro do Norte quando foi atingido por cinco tiros. Uma testemunha relatou aos militares que os suspeitos estavam em um Ford Fiesta, de cor azul. Ela também relatou que o crime pode ter relação com uma briga de gangues, que tentam controlar o tráfico de drogas na região. “Hoje não há lideranças no tráfico da região, e isso gera uma disputa entre gangues para ver quem fica à frente. O grande problema é que a comunidade fica aterrorizada. É uma violência explícita”, disse a fonte. Parque das Indústrias Outro homicídio aconteceu em Betim. Na tarde de ontem, Carlos Roberto da Silva, de 47 anos, foi encontrado morto com 14 perfurações pelo corpo, possivelmente feitas por uma faca. Segundo a Polícia Militar, a vítima estava no interior de uma residência na rua Serafim Carvalho. “Testemunhas relataram que ele estava na casa de um homem, e que este teria saído do local após o crime”, informou a assessoria da PM. Um rastreamento foi feito na região, mas ninguém foi detido até o fim da tarde de ontem. O motivo do homicídio também é desconhecido pela polícia. A perícia compareceu ao local, e o corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Betim. (com José Augusto)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave