Vigia é detido após presenciar furto em escola de Santa Luzia e não chamar a PM

Homem foi encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos; instituição suspendeu as aulas

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um vigia foi detido após presenciar o furto em uma escola de Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, e não acionar a Polícia Militar. O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (1º), mas o homem só revelou a história para o outra funcionário da instituição pela manhã. De acordo com a corporação, o homem, que não teve o nome divulgado, contou que por volta de 3h percebeu que dois homens entraram na escola, localizada na rua Maria do Carmo de Castro, no bairro Palmital. Eles teriam arrombado duas salas e levado cinco CPU's, duas impressoras e oito monitores. Os ladrões também entraram em uma outra sala, que também estava fechada, mas não foi arrombada. O homem disse à polícia que observou a ação dentro do seu carro, que estava no estacionamento da escola. Ainda segundo ele, os bandidos não perceberam a sua presença. Militares do 35º Batalhão fizeram rastreamento na região, mas nenhum suspeito foi identificado ou localizado. Devido ao furto, a instituição suspendeu as aulas na manhã desta sexta.

Leia tudo sobre: FURTOESCOLAVIGIASANTA LUZIA