Ocupantes de casarão no Santa Efigênia organizam manifestação poética

O ato ocorre como uma forma de reivindicar a permanência do grupo no local e a criação de um centro cultural no espaço

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

douglas magno
CIDADES - BELO HORIZONTE - MG - BRASIL - 31.10.2013 - Espaco LUIZ ESTRELA no bairro Santa Efigenia. Foto: Douglas Magno / O Tempo
Os ocupantes do casarão no bairro Santa Efigênia, na região Leste de Belo Horizonte, organizam o que chamam de manifestação poética contra a desocupação do local, batizado por eles de Espaço Comum Luiz Estrela. O ato está marcado para este sábado (2), às 14h. O grupo que ocupou o lugar é formado por artistas, intelectuais, professores, entre outros, e a ocupação completa uma semana neste sábado. A ideia é fazer do casarão abandonado um centro cultural aberto ao público. Segundo os organizadores do ato, o espaço já recebeu dezenas de artistas belo-horizontinos e a expectativa é que mais artistas apareçam para compor a ideia do espaço cultural. No entanto, a ocupação está ameaçada. Nessa quinta-feira (31), um oficial da Justiça esteve no local acompanhando da Polícia Militar pedindo a reintegração de posse do local. O grupo decidiu não sair do casarão, já que não houve sequer a publicação da liminar nos meios do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). Na página do evento do Facebook, que já tem cerca de 1.130 pessoas confirmadas, os organizadores convocam a sociedade para o ato: "Chamamos então uma grande manifestação poética para este sábado. Com fantasias, máscaras e muita alegria um cortejo percorrerá as ruas do bairro Santa Efigênia para manifestar o apoio da comunidade à manutenção do espaço".

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave