Soldado brasileiro é encontrado morto com um tiro de fuzil na cabeça

De acordo com o Ministério da Defesa, o militar chegou a ser socorrido, mas faleceu a caminho do hospital

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Ministério das Relações Exteriores lamentou, por meio de nota, a morte do soldado do Batalhão de Infantaria de Força de Paz do Haiti, Geraldo Barbosa Luiz, na madrugada desta sexta-feira (1º), em Porto Príncipe. Será instaurado um inquérito policial militar para apurar as circunstâncias do fato. "O governo brasileiro transmite suas manifestações de consternação e tristeza aos familiares do soldado pela perda pessoal que sofreram e reitera seu compromisso de longo prazo com o Haiti e a Minustah Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti", diz trecho da nota. De acordo com o Ministério da Defesa, o soldado disparou um tiro de fuzil contra a própria cabeça, na base em que servia. O militar chegou a ser socorrido, mas faleceu a caminho do hospital. O militar de 21 anos integrava a Força de Paz no Haiti e servia no 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado (R C Mec), em Ponta Porã (MS). O Itamaraty informou que as providências para o translado do corpo já foram iniciadas, mas ainda não têm data para ocorrer. Com Agência Brasil  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave