Aposta é que, com o 13º, vai melhorar

iG Minas Gerais |

Apesar da alta no número de ações de despejo, a aposta das imobiliárias é que haja redução no último trimestre do ano, graças ao pagamento do 13º salário, que vai injetar R$ 12,9 bilhões na economia mineira em 2013. “É fato que o mercado deu uma acomodada nos últimos meses. Só que o 13º sempre ajuda”, observa o diretor do Smel, Luiz Fernando Rievers Machado. O vice-presidente da CMI/Secovi-MG, Fernando Júnior, também aposta na redução da inadimplência. O advogado especialista em direito imobiliário Kênio Pereira observa que o aumento das ações de despejo é um termômetro de que a economia não vai bem. “A renda não está acompanhando a alta da inflação. As pessoas estão com dificuldade em pagar o aluguel”, diz. (JG)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave