Walewska e Carol Gattaz comemoram retorno à seleção brasileira

Jogadoras foram convocadas para a Copa dos Campeões, no Japão, depois dos pedidos de dispensa de Thaisa e Juciely

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

ALEXANDRE ARRUDA - CBV
Carol Gattaz já treina em Saquarema junto ao elenco do Brasil
As ausências da seleção brasileira feminina de vôlei, devido aos desgaste físico e contusões - a ponta Gabi e as centrais Thaisa e Juciely pediram dispensa - reservaram retornos importantes ao time de José Roberto Guimarães. As centrais Walewska e Carol Gattaz estão de volta ao time que venceu todas as competições que disputou na temporada. Elas foram convocadas para a Copa dos Campeões, que acontecerá no Japão, entre 12 e 17 de novembro. "Jogadoras como a Walewska e a Carol Gattaz são importantes para termos como parâmetro para as mais jovens. Vejo um brilho nos olhos delas e isso é muito interessante. É um campeonato curto e não podemos fazer testes. Quero revezar as jogadoras porque todas estão em um momento de disputar muitos campeonatos. As jogadoras estão sobrecarregadas. A ideia é revezar mais a equipe", mostra o treinador. As atletas não esconderam a felicidade de jogar novamente pelo Brasil. "Esse retorno está sendo muito positivo. Ainda estou me readaptando a Saquarema. O ar de novidade é muito legal. Muitas coisas mudaram no Aryzão. Cinco anos se passaram desde meu último jogo pela seleção. Eu não pensava em voltar, mas com o pedido e a conversa do Zé, reconsiderei minha posição e decidi pensar por etapas. Primeiro vou disputar a Copa dos Campeões. O pensamento é um dia após o outro", comenta Walewska. Gattaz também comemorou, depois de problemas físicos que a incomodaram por longos meses. "É um sonho essa volta. Fiquei um tempo parada e esse ano foquei muito no meu retorno. Acho que pela dedicação que tive acabou sendo um reconhecimento. Ainda tenho muita vontade de jogar pela seleção e de representar o meu país. Quero ajudar e prestar serviços ao grupo", afirma. A Copa dos Campeões será disputada nas cidades de Nagoya e Tóquio, no Japão. O Brasil terá como adversários Estados Unidos, Tailândia, Japão, Rússia e República Dominicana. O Brasil tem um título na competição, em 2005, e ficou com a medalha de prata na última edição, em 2009.