Diego Costa deixa a sua marca em vitória do Atlético de Madrid sobre o Granada

Alheio à polêmicas, atacante brasileiro segue em boa fase com a camisa do clube colchonero

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

SITE OFICIAL/REPRODUÇÃO
Diego Costa prossegue sua rotina de artilheiro no Campeonato Espanhol
Apesar da polêmica em que esteve envolvido nos últimos dias, chegando a ser criticado pelo técnico Luiz Felipe Scolari por optar por jogar pela Espanha em detrimento da seleção brasileira o atacante Diego Costa continua em grande fase. Nesta quinta-feira, ele marcou novamente, ajudando o Atlético de Madrid a ganhar fora de casa do Granada, por 2 a 1, pela 11ª rodada do Campeonato Espanhol. Na última terça-feira, Diego Costa acabou com o mistério que cercava seu futuro profissional, ao anunciar que prefere jogar pela seleção espanhola, descartando a convocação de Felipão para defender o Brasil. Assim, o atacante brasileiro de 25 anos espera agora poder disputar a Copa do Mundo de 2014 defendendo a Espanha, país onde vive desde de 2007 e onde disse ser "valorizado". Dentro de campo, Diego Costa tem mostrado que vale a disputa que provocou entre duas tradicionais seleções do futebol mundial. Com o gol marcado nesta quinta-feira, em cobrança de pênalti, o atacante do Atlético de Madrid chegou a 12 no Campeonato Espanhol e voltou a ser artilheiro isolado - o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, tinha empatado com ele no dia anterior. Diego Costa abriu o placar aos 38 minutos de jogo e David Villa, seu futuro companheiro na seleção espanhola, ampliou para 2 a 0, também em cobrança de pênalti, aos 33 do segundo tempo. Assim, o Atlético de Madrid chegou aos 30 pontos e manteve a perseguição ao líder Barcelona, que tem 31. O Granada, por sua vez, descontou com Ighalo só nos acréscimos e segue com 11 pontos. Em outro jogo disputado nesta quinta-feira pela 11ª rodada do Campeonato Espanhol, o Getafe surpreendeu o Villarreal e ganhou fora de casa por 2 a 0 - Ciprian Marica abriu o placar logo aos cinco minutos e Sarabia ampliou nos acréscimos do segundo tempo. Mesmo com a derrota, o Villarreal segue em quarto lugar, com 20 pontos. Já o Getafe pulou para a quinta colocação, com 19.