CBF lembra Corinthians para explicar mudança no mando de Cruzeiro x Grêmio

Entidade disse que alta procura por ingressos e caso da equipe paulista "comoveram", e punição será mesmo cumprida diante da Ponte Preta

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

Após muita polêmica, o Cruzeiro conseguiu mesmo manter o jogo válido pela 33ª rodada do Brasileirão, contra o Grêmio, no Mineirão. Após o clube confirmar, em reunião com a CBF, que conseguiu adiar a perda do mando de campo, a entidade postou em site que o cumprimento da punição será 35ª rodada, contra a Ponte Preta. A CBF explicou, por meio de comunicado, que levou em conta o fato de mais de 23 mil ingressos terem sido vendidos (para sócio-torcedores), e que a partida pode ser a grande decisão do campeão de 2013. A organização ainda relembrou o caso em que também cedeu uma mudança de datas para o Corinthians. “Nesse contexto, após analisarmos todos os aspectos da questão e considerando que  recentemente o SC Corinthians Paulista em situação de natureza similar teve penalidade adiada por conta da venda antecipada de ingressos (vide CPM 02SA/13, de 11/09), estamos definindo a seguinte programação dos próximos jogos do Cruzeiro EC, evitando o cumprimento da pena na data de 10/11 e fazendo-o em 17/11, no jogo Cruzeiro x Ponte Preta”, comunicou. O duelo com a Macaca também consta previamente marcado para o Estádio melão, em Varginha, mas pode sofrer alteração.  

Leia tudo sobre: cruzeirogrêmioraposamando de campobrasileirãotítulocampeãoponte pretacbfmacacacorinthians