Mais crianças se acidentam

De janeiro a outubro, foram 46 menores feridos; no mesmo período de 2012, foram 36 – subiu 27%

iG Minas Gerais | bernardo miranda |

FERNANDA CARVALHO / O TEMPO
Pela lei, apenas crianças maiores de 7 anos podem ser transportadas
O número de crianças envolvidas em acidentes de moto em Belo Horizonte cresceu 27% de janeiro a outubro deste ano na comparação com o mesmo período de 2012. Do início do ano até o último dia 20, foram 46 meninos e meninas de 0 a 12 anos feridos em acidentes de moto atendidos no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII (HPS). Já de janeiro a outubro de 2012, foram 36.   A alta ocorre na contramão do número total de vítimas com motocicletas que, no mesmo intervalo, apresenta leve redução. Foram 5.820 pacientes atendidos no HPS em 2012 contra 5.755 neste ano. O aumento das crianças feridas em motocicletas tem relação com o transporte de forma inadequada. De acordo com o Código Nacional de Trânsito, apenas crianças com mais de 7 anos podem ser transportadas em motocicletas. Além disso, a legislação especifica um critério subjetivo em que mesmo com mais de 7 anos, a criança deve “ter condições de cuidar da própria segurança”. A maneira de transportar a criança também está definida no código de trânsito. Ela deve estar sempre atrás do condutor, nunca na frente. Além disso, a lotação máxima de uma motocicleta são duas pessoas, portanto não é possível transportar o menor entre dois adultos. Pequenos. A pediatra do HPS Maria Elizabeth Marques afirma que muitas das crianças acidentadas em motocicletas são menores de 7 anos. Para ela, a restrição deveria ser ainda maior. “Moto é um veículo inadequado para qualquer criança, mesmo com idade superior a 7 anos. Em caso de colisão, o risco de traumas é muito alto, mesmo usando todos os equipamentos de segurança”, analisa. Consequências Multa. Transportar criança menores de 7 anos em moto é infração gravíssima. O condutor pode ter a carteira de habilitação suspensa e o veículo apreendido, além de multa de R$ 191,54.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave