Estudantes da capital terão aulas em escolas de música

Projeto da prefeitura quer oferecer cursos mais qualificados a 8.000 alunos

iG Minas Gerais | Luiza Muzzi |

Douglas Magno FOTO: Douglas Magn
Realização. Para Frederico Delazari, monitor em uma escola há dois anos, alunos são motivo de orgulho
Dois mil alunos da rede pública municipal frequentarão, a partir de amanhã, aulas de música em escolas especializadas de Belo Horizonte. A intenção é oferecer cursos mais qualificados aos estudantes, que já participam de oficinas dentro do Programa Escola Integrada, da Secretaria Municipal de Educação.   Os cursos, destinados a alunos de 6 a 14 anos, serão ofertados por oito instituições, que foram credenciadas na semana passada pela prefeitura. As crianças e os adolescentes estão se inscrevendo de acordo com seu interesse e aptidão, e, hoje, participam da aula inaugural do projeto. De acordo com a secretária municipal de Educação, Sueli Maria Baliza Dias, o chamado Acordes de BH tem o objetivo de ampliar a formação musical dos alunos da rede municipal. “A ideia é oferecer um trabalho mais qualificado, em escolas que têm de fato o know-how em musicalização e em ensino de instrumentos musicais”. Todos os alunos matriculados até o 9° ano foram convidados a participar. Para se inscrever, os interessados preencheram uma ficha, assinada pelos responsáveis e pela direção da escola, em que apontavam o local e a modalidade de instrumento musical desejados. “A música desperta no aluno a possibilidade de muitos conhecimentos. Ele aprende sobre a cultura e se torna uma pessoa mais aberta do ponto de vista pedagógico, além de mais sensível para o dia a dia que o cerca”, destacou a secretária. Investimento. Cerca de R$ 4 milhões estão sendo investidos no projeto Acordes de BH, que vai matricular 8.000 alunos em escolas especializadas de música até 2016, sendo 2.000 novos a cada ano. Estrutura Escola. Atualmente, a Escola Integrada é frequentada por 65 mil alunos, de 172 escolas da rede pública municipal. Oficinas. Quando não estão em sala de aula, os alunos fazem algumas das cerca de 2.000 oficinas de artes, esportes e apoio escolar. Modalidades . As aulas ofertadas são de música – que incluem coral, musicalização e instrumentos diversos –, dança, teatro, circo, futebol, vôlei, natação, patinação, artes marciais, fotografia, informática, entre outras. Transporte Localização. Caberá à família fazer o transporte do estudante, já que as escolas de música que foram credenciadas pela prefeitura para receber alunos estão espalhadas por toda a cidade.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave