Betim receberá sete médicos na próxima semana

No Piauí, conselho cancelou registro provisório de 20 profissionais; trabalho continua, diz governo

iG Minas Gerais | Da redação |

Antonio Cruz / Agência Brasil
Na foto, presidente Dilma durante sanção da lei que criou o programa
Sete médicos estrangeiros do programa Mais Médicos foram designados pelo Ministério da Saúde para Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. Eles devem começar a atuar na próxima terça-feira. Os profissionais serão lotados nas unidades de saúde dos bairros PTB, Citrolândia e Icaivera. “Nossa expectativa é que eles interajam e se adaptem à nossa rede, e que a população receba um atendimento de qualidade”, disse o secretário-adjunto de Saúde da cidade, Junio Araujo. Piauí. No Piauí, o Conselho Regional de Medicina (CRM) do Estado cancelou o registro provisório de 20 médicos estrangeiros que trabalhavam em dez cidades há mais de um mês. O órgão informou que a decisão foi tomada porque o Ministério da Saúde não informou quem serão os tutores desses médicos. O governo federal afirmou que o cancelamento não fará com que os médicos deixem de trabalhar na região.  CRM não vai se responsabilizar Tutores.  O Ministério da Saúde informou que os tutores dos 20 médicos são profissionais da área indicados por instituições pública de ensino. O governo federal não divulgou a identidade deles e afirmou que não é obrigado a passar essa informação para o Conselho Regional de Medicina (CRM). Norma. Sancionada o último dia 22, a lei que cria o programa Mais Médicos estabelece que o próprio ministério pode emitir registros para os estrangeiros. Os médicos de Piauí estão registrados pela pasta e continuam atuando. Erros. O CRM do Piauí declarou que não vai se responsabilizar pelos erros cometidos por esses 20 médicos estrangeiros, já que eles não estão registrados pelo órgão.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave