Roger Federer vence sul-africano e garante vaga no ATP Finals

Suíço avançou à segunda rodada no Masters 1000 de Paris e somou pontos suficientes para assegurar vaga entre os oito melhores do ano

iG Minas Gerais | agência estado |

Divulgação / ATP
Federer vai reencontrar Nadal na final de Roma
Ainda longe do seu melhor tênis, Roger Federer conquistou nesta quarta-feira a classificação para o ATP Finals. O suíço garantiu a vaga na competição que reunirá os oito melhores da temporada, em Londres, ao vencer seu jogo de estreia no Masters 1000 de Paris, contra o sul-africano Kevin Anderson, pelo placar de 2 sets a 0, com duplo 6/4. Ao superar Anderson e alcançar as oitavas de final, Federer somou pontos suficientes para assegurar seu posto entre os oito tenistas que competirão em Londres, na próxima semana - o torneio encerra a temporada masculina. O suíço se tornou o sexto a se classificar, após Rafael Nadal, Novak Djokovic, David Ferrer, Juan Martín del Potro e Tomas Berdych. Andy Murray também se classificou, mas desistiu por estar se recuperando de uma cirurgia. Com a definição da vaga de Federer, restam apenas dois lugares no ATP Finals, que serão definidos nos próximos dias, em Paris. O também suíço Stanislas Wawrinka e o francês Richard Gasquet são os principais candidatos a entrar na competição. Ambos já estão garantidos nas oitavas de final na capital francesa. Ao conquistar sua classificação para o ATP Finals somente na última semana, Federer corroborou o fraco rendimento apresentado durante quase toda a temporada. O suíço, que faturou apenas um título em 2013, correu risco de ficar de fora da competição, o que não acontecia desde 2002, quando disputou o torneio pela primeira vez. De lá para cá, Federer levantou seis troféus e se tornou o recordista de títulos do ATP Finals (ex-Masters Cup). Para evitar essa decepção, Federer começou quebrando o saque de Kevin Anderson logo no primeiro game da partida. Com bom aproveitamento no serviço, não teve o fundamento ameaçado e venceu com tranquilidade o set inicial. Mais consistente no fundo da quadra, o suíço seguiu melhor na segunda parcial e obteve duas quebras de saque. E encaminhava a vitória com facilidade até ter o serviço quebrado quando sacava para fechar o jogo. Anderson iniciou ligeira reação, logo neutralizada por Federer no décimo game, quando fechou em 6/4, após 1h22min de partida.

Leia tudo sobre: tenisroger federeratp finals