Hermanos têm que ser ágeis para garantir Cidade do Galo

Argentina precisará entrar no sistema da Fifa nesta quarta-feira e assinalar o centro de treinamento do Atlético como primeira opção

iG Minas Gerais | THIAGO NOGUEIRA |

A Argentina firmou acordo para treinar na Cidade do Galo durante a Copa do Mundo, mas a Associação de Futebol Argentino (AFA) esqueceu-se de um detalhe. Ela terá que ser ágil para entrar no sistema da Fifa ainda hoje e assinalar o CT alvinegro como sua primeira opção antes que uma outra seleção tome a mesma atitude. Segundo as regras da Fifa, a escolha dos Centros de Treinamentos de Seleções (CTSs) se dará por ordem de chegada. Ontem, o Comitê Organizador Local (COL) divulgou o terceiro e último catálogo de complexos credenciados para receber as 32 seleções do Mundial. Serão 83 em todo o Brasil, sendo que 16 deles não estavam nas duas versões anteriores, entre eles, o CT atleticano. “A Cidade do Galo entrou nessa última versão e entra no sistema a partir de amanhã (nesta quarta-feira). As negociações podem acontecer antes, mas, oficialmente, a Argentina vai fazer sua opção amanhã (hoje), quando já tiverem os 16 novos pareamentos”, explicou o diretor de competições e serviços às equipes do COL, Frederico Nantes. Desde o fim de 2011, o Brasil já recebeu 25 delegações de diferentes países, num total de 47 visitas a 14 Estados e 58 municípios. As seleções que já estiveram no país receberam senhas que já lhe dão o direito de entrar no sistema e escolher um CTS desde agosto de 2012, quando foi divulgado o primeiro catálogo. A Toca da Raposa II, por exemplo, já pode ter sido selecionada, mas as seleções têm até 18 de dezembro para finalizar a formalização da primeira opção à Fifa e até 30 de janeiro para ratificá-la. Os acordos financeiros entre seleções, clubes e complexos hoteleiros são livres, sem interferência da Fifa ou do COL. A AFA assinou parceria com o Galo e, mesmo sabendo das regras, preferiu se antecipar e anunciou a decisão na semana passada. O Atlético, por sua vez, não entra nos méritos do credenciamento que a Argentina precisa fazer com a Fifa. A reportagem do SuperFC questionou o COL sobre a possibilidade de um CTS recusar receber a seleção que o marque como primeira opção, mesmo antes de negociações. “A primeira seleção que fizer opção pelo local terá o direito de utilizá-lo a partir de 7 de junho, cinco dias antes do início da competição. Se algum problema acontecer futuramente, teremos o prazer em responder na ocasião em que ele for verificado”, disse o comitê, em nota. Além da Cidade do Galo, a Arena do Jacaré, ao lado do JN Resort, em Sete Lagoas, também foi oficializada como CTS nesse último catálogo de complexos credenciados para a Copa.

Leia tudo sobre: GaloAtléticoCidade do GaloAFAArgentina