Cristiano Ronaldo marca três, quebra recorde de Puskas e Real goleia o Sevilla

Português anotou seu 157º gol com a camisa do clube pelo Campeonato Espanhol, deixando para trás o lendário atacante húngaro

iG Minas Gerais | agência estado |

Divulgação / Real Madrid
Ronaldo comando goleada merengue por 7 a 3 no Santiago Bernabéu
Depois de ter sido ironizado pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, o astro português Cristiano Ronaldo deu a resposta dentro de campo. Ele marcou três gols nesta quarta-feira e comandou a incrível goleada do Real Madrid sobre o Sevilla, por 7 a 3, no Estádio Santiago Bernabéu, pela 11ª rodada do Campeonato Espanhol. Durante um evento na Inglaterra, Blatter ironizou Cristiano Ronaldo ao compará-lo com o argentino Messi. Quando foi falar do português, o presidente da Fifa chegou a bater continência, dizendo que ele parecia um "comandante em campo". As declarações provocaram grande polêmica, mas o cartola suíço logo pediu desculpas. De quebra, o português ultrapassou o recorde de uma lenda do Real. Ronaldo anotou seu 157º gol com a camisa do clube pelo Campeonato Espanhol, deixando para trás o húngaro Ferenc Puskás, com 156. Ao comemorar seu primeiro gol nesta quarta-feira, em cobrança de pênalti aos 32 minutos, Cristiano Ronaldo bateu continência, devolvendo a ironia feita por Blatter. Naquela altura, o Real já vencia o jogo por 2 a 0, com dois de Bale, aos 13 e aos 27. Ainda na etapa inicial, o Sevilla diminuiu com Rakitic e Bacca. No segundo tempo, Cristiano Ronaldo marcou mais duas vezes, aos 15 e aos 26 minutos, e passou a ter 11 gols no Campeonato Espanhol, empatando na liderança da artilharia com o brasileiro Diego Costa, do Atlético de Madrid. O francês Benzema ainda fez outros dois gols para o Real e Rakitic voltou a marcar para o Sevilla. A goleada do Real ainda marcou a volta do volante espanhol Xabi Alonso ao futebol, após mais de cinco meses se recuperando de lesão. Assim, o time de Madri chegou aos 25 pontos, ainda em terceiro lugar no campeonato - o Barcelona lidera com 31 e o Atlético de Madrid está com 27. O Sevilla segue com apenas 13, na 10ª posição. Também nesta quarta-feira, o atacante brasileiro Jonas marcou gol para o Valencia, em cobrança de pênalti, mas não evitou a derrota em casa para o lanterna Almería, de virada, por 2 a 1. O dia ainda teve mais duas partidas no Campeonato Espanhol: Osasuna 3 x 1 Rayo Vallecano e Real Valladolid 2 x 2 Real Sociedad. Nesta quinta-feira, no complemento da 11ª rodada do Campeonato Espanhol, estão programados mais quatro jogos: Granada x Atlético de Madrid, Villarreal x Getafe, Athletic Bilbao x Elche e Betis x Levante.