Ceará diz que mudança em mando de campo não surpreendeu jogadores celestes

Segundo o lateral-direito, grupo já estava se preparando para receber a notícia ruim. Raposa vai enfrentar o Grêmio longe de Belo Horizonte

iG Minas Gerais | débora ferreira |

Washington Alves/VIPCOMM
Ceará retorna às atividades físicas, mas volta aos gramados ainda é uma incógnita
Com o pedido para que a perda de mando de campo, definida para a partida contra o Grêmio, sendo negado pelo justiça desportiva, coube à diretoria celeste comunicar aos atletas nesta tarde que a “decisão” teria que acontecer longe da bela festa que a torcida tem feito no Mineirão. Se os torcedores lamentaram o ocorrido, o lateral-direito Ceará afirmou que os jogadores já estavam se preparando para a notícia, pois a CBF já havia determinado que esta seria possibilidade. “A gente não ficou surpreso porque já havia a possibilidade de perder o mando, agora é definir com certeza onde vamos jogar, se vai ser em Varginha ou em algum outro campo”, declarou o atleta. Ainda sem definir o local oficial da partida, o jogador disse que a preferência da diretoria é por conta de arenas que ofereçam um gramado de melhor qualidade, que é onde o time consegue desenvolver seu estilo de jogo. “Estamos pegando campos com gramados excelentes como essas novas arenas, que tem proporcionado um futebol melhor. Se jogarmos num gramado irregular dificulta um pouco, é uma das qualidades da equipe fluir o jogo e manter a bola no chão”, completou o atleta.

Leia tudo sobre: cruzeirocearámando de campocampeonato brasileiroraposa